Queimar coisas com lentes de aumento é um passatempo infantil socialmente aceito, ainda que exista o risco de incêndio caso um aparato potente o suficiente seja utilizado junta a algum material inflamável. E como torrar formiguinhas pode ser visto como um ato de crueldade, a equipe do Science Channel no YouTube resolveu tentar ultrapassar todas as barreiras para criar um “raio da morte” solar capaz de derreter alguns metais.

Tudo o que eles precisaram foi uma lente de Fresnel, um tipo de material muito utilizado em faróis marítimos e em alguns retroprojetores. Capaz de concentrar uma enorme quantidade de luz em um único ponto, essa lente foi colocada em um suporte especial com uma angulação perfeita para reunir os raios luminosos do sol e gerar temperaturas altíssimas.

Durante o teste, que você confere no vídeo acima, Kevin Moore e Grant Reynolds conseguiram derreter completamente algumas moedas e até mesmo uma embalagem de alumínio feita para o preparo de pipocas, de forma que fica claro que o calor no ponto focal ultrapassou os 660ºC. No entanto, o raio solar não foi capaz de liquefazer um pedaço de bronze siliconado, de forma que a temperatura máxima do aparato não conseguiu ultrapassar 850ºC.

Cupons de desconto TecMundo: