Cada vez mais populares, os eSports ganham cada vez mais espaço em serviços como o Twitch e o YouTube, chegando inclusive a atrair a atenção da Microsoft. O próximo grande movimento nesse sentido pode ser feito pelo Facebook, que já tem um acordo com a Blizzard para transmitir conteúdos através do sistema Live.

Segundo informações obtidas pelo The Information, a rede social está negociando com os desenvolvedores de VainGlory para fazer um acordo que prevê o streaming de competições profissionais. Embora o COO da Super Evil Megacorp, Kristian Segestrale, reconheça que as conversas estão acontecendo, ele afirma que não há qualquer eminência para que um assunto ocorra.

somente em 2016, as partidas profissionais de games devem movimentar US$ 493 milhões

Recentemente o Facebook contratou uma série de especialistas na área dos eSports, incluindo o ex-jogador profissional Stephen “snoopeh” Ellis, encarregado de criar parcerias com empresas focadas em jogos eletrônicos. O interesse da rede social é justificável: somente em 2016, as partidas profissionais de games devem movimentar US$ 493 milhões, segundo dados divulgados pela Newzoo.

Para que o serviço possa entrar nessa área, no entanto, ele vai ter que demonstrar a desenvolvedoras, distribuidoras e ao público que pode trazer um retorno financeiro substancial. Ele também vai ter que provar que consegue atrair boas visualizações: sua parceria com a Blizzard rendeu 490 mil pessoas em agosto deste ano, número bastante pequeno em relação aos 36 milhões de espectadores que acompanharam as finais de League of Legends em 2015.

Cupons de desconto TecMundo: