Você sempre quis ter uma pistola-radar para vigiar a velocidade de tudo o que se move ao seu redor, mas não gosta da ideia de carregar algo tão grande para todo lado? Pois saiba que um projeto surgido recentemente no Kickstarter pode ser perfeito para solucionar seu dilema.

O aparelho, chamado Scoutee, é uma versão melhorada desses radares portáteis, oferecendo a mesma precisão e eficiência, mas com um dispositivo um pouco menor do que sua carteira. Entretanto, ele não é feito para ser utilizado sozinho: você precisa conectá-lo via Bluetooth ao seu celular (Android ou iOS); algo assim, felizmente, não é nenhuma grande complicação.

Depois de ligado, o Scoutee pode ser preso tanto ao seu smartphone, com a ajuda de um adesivo magnético, quanto a um ponto fixo com um gancho, para que você não precise nem mesmo apontar para medir a velocidade. Se quiser, é claro, apontar o dispositivo com sua própria mão é igualmente efetivo.

Feito para o esporte

Antes que você pense que se trata apenas de um radar portátil, vale notar que ele foi desenvolvido para outros propósitos. O Scoutee, na verdade, vem com o objetivo de auxiliar fãs de baseball a acompanhar a velocidade da bola jogada pelo arremessador – digamos, por exemplo, para ajudar um treinador a saber quem é o mais veloz no time ou para que os famosos “olheiros” confirmem que um dos jogadores é tão bom quanto parece.

Entre as ferramentas que ele oferece para ajudar nessa tarefa está a possibilidade de não apenas registrar a velocidade de movimento da bola arremessada, como também calcular a posição em que o objeto entrou na área do rebatedor. Você pode ainda gravar a jogada em vídeo e guardar os dados de cada jogador separadamente, criando gráficos com essas informações. Tudo isso é feito por um app que será disponibilizado caso o aparelho se torne realidade.

Para quem quer ajudar no financiamento do Scoutee e ainda descolar um desses acessórios, é melhor preparar sua carteira. O valor mínimo para tê-lo é de 149 dólares (R$ 600, em uma conversão simples) – e você precisa se apressar se quiser pagar esse preço, já que ele é limitado a apenas 200 pessoas.

Quem não garantir o primeiro lote terá que desembolsar US$ 169 (R$ 675), no mínimo. É um preço salgado, mas ainda melhor do que os US$ 299 (R$ 1,2 mil) que ele vai custar quando chegar às prateleiras das lojas em abril de 2016. Os cem sortudos que compraram a versão “Super Early Bird”, aliás, não só pagaram mais barato como também vão recebê-lo já em janeiro.

Isso tudo leva em consideração, é claro, que o Scoutee terá sucesso: no momento em que esta matéria está sendo feita, a empresa já alcançou 20 mil da meta de 50 mil dólares, com 30 dias (pouco mais da metade do tempo) restantes.

Cupons de desconto TecMundo: