A espionagem está prestes a alcançar um novo nível: emails vazados no WikiLeaks, com conversas entre o pessoal da Hacking Team, sugerem que a Boeing estaria bem interessada em incorporar a injeção de spywares via WiFi em seus drones.

Dessa forma, seria possível espionar equipamentos à distância, como no caso de, por exemplo, algum suspeito utilizar um computador público. Assim, o drone pode fazer uma invasão de forma mais segura.

As conversas vazadas não dão muitos detalhes e mostram apenas um estágio bem inicial, então não é possível saber em que situação tudo isso estaria e até mesmo quem seriam os reais interessados. É certo que a NSA gosta bastante desse lance de espionagem, mas qualquer nome, por enquanto, não passa de especulação.

Cupons de desconto TecMundo: