Documentos vazados na WikiLeaks sugerem uso de drones para práticas hackers

1 min de leitura
Imagem de: Documentos vazados na WikiLeaks sugerem uso de drones para práticas hackers
Avatar do autor

A espionagem está prestes a alcançar um novo nível: emails vazados no WikiLeaks, com conversas entre o pessoal da Hacking Team, sugerem que a Boeing estaria bem interessada em incorporar a injeção de spywares via WiFi em seus drones.

Dessa forma, seria possível espionar equipamentos à distância, como no caso de, por exemplo, algum suspeito utilizar um computador público. Assim, o drone pode fazer uma invasão de forma mais segura.

As conversas vazadas não dão muitos detalhes e mostram apenas um estágio bem inicial, então não é possível saber em que situação tudo isso estaria e até mesmo quem seriam os reais interessados. É certo que a NSA gosta bastante desse lance de espionagem, mas qualquer nome, por enquanto, não passa de especulação.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Documentos vazados na WikiLeaks sugerem uso de drones para práticas hackers