Logo após o final da Segunda Guerra Mundial, uma corrida tecnológica, bélica e cultural, conhecida como Guerra Fria, ocorreu entre a Rússia e os Estados Unidos. Naquela época, nos primórdios da espionagem, uma tecnologia de transmissão de informações que até hoje funciona foi desenvolvida.

As “number stations” (estações de números) transmitiam mensagens codificadas através de ondas curtas que podiam percorrer todo o globo. Dessa maneira, era possível enviar informações para agentes secretos de maneira segura.

Os agentes, tanto da KGB quanto da CIA, utilizavam “one-time pads” (OTP) para decifrar as mensagens, que não poderiam ser decodificadas de nenhuma outra maneira caso a chave fosse realmente secreta. No vídeo abaixo, você confere um exemplo de uma gravação real.

Embora essa tecnologia pareça rudimentar, levando em consideração a internet e todos os meios de comunicação disponíveis atualmente, estações AM secretas ainda hoje transmitem mensagens que podem ser captadas por meio de um rádio de ondas curtas tradicional.

Não se sabe se essas transmissões têm um propósito prático hoje em dia ou se são apenas resquícios de alguma estação antiga utilizada na Guerra Fria, mas o fato é que ainda podem ser escutadas por quem tem o hardware adequado e conhece as frequências e horários em que as mensagens são enviadas.

Cupons de desconto TecMundo: