Você talvez não conheça o nome “Lavabit”, mas certamente sabe da história de Edward Snowden, o homem que revelou ao mundo a dimensão da espionagem ilegal norte-americana sobre seus cidadãos e também sobre pessoas de todas as partes do globo. Lavabit era o serviço de email que Snowden utilizava e confiava na época em que todo o caso aconteceu. A empresa responsável pelo servidor preferiu tirá-lo do ar do que entregar dados de usuários ao governo dos EUA. Agora, depois de algum tempo em reestruturação, o Lavabit vai voltar à ativa.

Assim que estiver no ar novamente, o Lavabit vai contar com criptografia de ponta a ponta, e isso vai incluir não apenas o conteúdo das mensagens trocadas entre os usuários, mas também todos os metadados. Assim, as agências de vigilância não terão nada para bisbilhotar sobre o que as pessoas conversam.

Lavabit vai contar com criptografia de ponta a ponta, e isso vai incluir também todos os metadados das mensagens

Para tal, será utilizado o DIME ou “Dark Internet Mail Environment”, um protocolo padronizado construído por Ladar Levison através de uma campanha de financiamento coletivo em 2014. Esse cara também é o fundador e responsável pelo Lavabit. A ferramenta ainda vai contar com o Magma, um cliente de email seguro e de código aberto para lidar com a interface de interação com os usuários.

Haverá três modos de criptografia, dependendo do nível de proteção que os usuários precisarem, mas o mais poderoso de todos, o “Paranoid”, só permitirá que o usuário acesse seu email através de um único dispositivo a cada vez, sendo necessário transferir a chave de segurança digital de um aparelho para o outro manualmente quando for ler as mensagens em uma máquina diferente.

Como usar

Quem tinha uma conta no Lavabit antes de ele ter sido tirado do ar em 2013 já pode acessar o serviço novamente e voltar a usar a ferramenta. Contudo, novos usuários terão que esperar um pouco para se registrar. Mesmo assim, existe uma promoção de pré-lançamento, que oferece 50% de desconto no plano de assinatura anual, que começa em US$ 30 por um espaço de 5 GB de armazenamento na nuvem.

Cupons de desconto TecMundo: