“A internet faz tudo passar rápido. Uma nova onda mal chega e já está na hora de ela ir embora e ser esquecida”. Você pode até concordar com isso, mas é preciso saber de uma única coisa: o seu passado pode ser adormecido, mas jamais será esquecido completamente. Por isso, antes de gravar qualquer vídeo ou enviar fotografia para o Facebook, lembre-se de que alguém vai ver, compartilhar e eternizar.

Está duvidando? Então confira o nosso Erro 404 desta semana. Trouxemos alguns dos exemplos mais constrangedores de que se pode ter notícia. Saiba que, apesar do aviso sobre as informações fictícias, boa parte do que será relatado aqui acontece todos os dias. Temos certeza de que você vai se identificar com alguma delas – e não adianta negar.

Vídeos constrangedores

Sabe aquele vídeo que você gravou quando tinha 14 anos? Aquele em que você está dançando “I feel good” só de cueca e com um chapéu de cowboy? Sim, nós sabemos que você já fez isso e está escondendo o vídeo de todos os seus amigos. Mas há algumas pessoas que se esquecem de que é preciso guardar os vídeos a sete chaves – ou apagá-los – e quando isso cai em mãos erradas, temos um grande hit do YouTube.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Basta abrir o YouTube, digitar o nome de qualquer música do mundo e adicionar um “cover” ao final da pesquisa. Pronto, você terá algumas horas de diversão garantida, graças aos incríveis “talentos” dos cantores e dançarinos de plantão. É lógico que há casos em que tudo dá certo e as pessoas ficam realmente famosas (“Para nossa alegria”, lembra?), mas são realmente raridades.

“O herói da titia”

Você se lembra de quando era mais novo e foi o único a ir fantasiado de Robin no seu aniversário de 15 anos? Sua tia vai se lembrar disso para todo o sempre. E você podia estar tranquilo, pensando que seus amigos jamais saberiam do ocorrido, mas um dia ela criou uma conta no Facebook e você foi obrigado a aceitá-la em seu perfil. “Ela não vai saber mexer”, você pensa... Ledo engano.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Se isso não aconteceu ainda com você, acredite que vai acontecer logo. Vai haver um belo domingo de sol em que você vai acordar quase na hora do almoço e seu Facebook estará tomado por comentários, “likes” e compartilhamentos daquela temida foto mal-escaneada. Sim, agora todo mundo sabe que você é o “herói da titia!”.

Timeline: muito mais fácil achar algo constrangedor

Quando o Facebook foi atualizado para a nova timeline, muita gente ficou em dúvida sobre quais seriam as reais vantagens do novo modelo de utilização da rede social. Mas a grande verdade é que Mark Zuckerberg desenvolveu o projeto para fazer com que fique mais fácil o constrangimento dos usuários – isso inclui a entrada no Fã-Clube daquele cantor de pagode. Está duvidando? Então faça a seguinte experiência:

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

  1. Pense em qual é a sua música favorita do momento;
  2. Encontre a capa do CD em que ela foi disponibilizada pela primeira vez;
  3. Poste a imagem em seu Facebook;
  4. Salve o link da postagem;
  5. Vá viver;
  6. No dia 8 de julho de 2017, procure pelo ano de 2012 na timeline;
  7. Fique com vergonha alheia do seu “eu do passado”.

Google: mais eficiente que um livro de memórias

Basta fazer uma rápida busca pelo seu nome no Google e qualquer pessoa consegue saber exatamente TUDO O QUE VOCÊ FEZ. “Tecmundo, para que esse Caps Lock?” Ele foi necessário, jovens, acreditem. Seus perfis em Facebook, Google Plus, Orkut e Twitter são facilmente localizados, assim como os constrangedores cadastros em sites de encontros.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Você pode pensar: “Mas meus amigos não vão procurar meu nome apenas para isso!”. E você pode estar certo ao pensar assim, mas sua namorada vai encontrar toda e qualquer prova que possa ser utilizada contra você – não estamos exagerando, na primeira briga você vai ver do que ela é capaz.

.....

Atenção: este artigo faz parte do quadro "Erro 404", publicado semanalmente no Baixaki e Tecmundo com o objetivo de trazer um texto divertido aos leitores do site. Algumas das informações publicadas aqui são fictícias, ou seja, não correspondem à realidade.

Ilustrações por: Nick Mancini

Cupons de desconto TecMundo: