Apesar de ter se originado em livros infanto-juvenis no já longínquo ano de 1987, a série “Onde Está Wally?” (“Where’s Waldo?”) é capaz de conquistar crianças e adultos até hoje. Na verdade, é até difícil achar quem nunca pegou emprestado uma publicação ou viu online alguma imagem rebuscada na qual o desafio é encontrar o icônico personagem de camisa listrada. Agora, com a ajuda da tecnologia, é possível procurar pelo moço em um vídeo 360 graus de altíssima resolução. Acha que consegue dar conta do recado?

Provando que a franquia ainda faz muito sucesso no mundo todo, a turma do canal CorridorDigital, no YouTube, resolveu produzir uma aventura imersiva com o famoso Wally. Assim, eles juntaram cinco câmeras GoPro, gravaram cenas em diversos locais de Santa Mônica, na Califórnia, e utilizaram um software chamado Kolor Autopano Pro para emendar todas as imagens, resultando em um belíssimo clipe em 4K.

Apesar do formato avançado, a brincadeira continua a mesma, sendo preciso encontrar o herói antes que a produção pule para o próximo cenário. Assim como nos livros, os ambientes são recheados de pessoas, objetos e outras distrações dificultando seu trabalho. O cuidado com os detalhes foi tão grande que, como objetivos extras para os mais experientes, a equipe de youtubers incluiu uma série de outros sujeitos que também devem ser flagrados, como um feiticeiro iniciante e até uma representação em carne e osso do bigodudo Mario.

O mais legal do vídeo é que, além de poder ser curtido diretamente através do seu navegador favorito, ele também pode ser experimentando de diferentes formas no aplicativo do YouTube no celular. A primeira opção permite que você mova o dispositivo mobile no mundo real para vasculhar livremente o lugar, enquanto o segundo modo foi feito sob medida para proprietários de alguma versão do Google Cardboard – bastando tocar no ícone dos óculos de realidade virtual para entrar de corpo e alma na brincadeira.

Uma dose de bastidores

Ao longo do making of de “Where's Waldo 360”, o pessoal do canal da web explicou um pouco do processo de criação do jogo e das dificuldades durante a gravação. Ao escolher o formato, por exemplo, eles precisaram utilizar muito do processo de tentativa e erro para acertar coisas como a distância em que o personagem era detectado sem ficar muito óbvio ou escondido demais. A solução encontrada para esse caso foi medir o tamanho do ator com um dos integrantes do grupo colocando o dedo na frente da câmera. Gambiarra, sim, mas com estilo!

Unir o material de todas as câmeras também não foi uma tarefa simples, já que bastava uma pequena diferença na sincronização entre os arquivos para que a “colagem” dos clipes ficasse totalmente comprometida. Outra curiosidade interessante é que, para dar mais vida ao ambiente e incentivar com que os internautas explorassem os arredores, o grupo acabou recorrendo a dois personagens extras que falam e se movem por todo local, atraindo a atenção do usuário – com ambos agindo como guias interativos da jogatina.

Apesar da trabalheira, o pessoal do CorridorDigital afirmou que o projeto valeu a pena por conta de todo o carinho e reconhecimento do público em praticamente todos os lugares em que eles gravaram. Bastava que o rapaz vestido de Wally aparecesse em cena, para que as pessoas se aproximasse para dizer que haviam “achado” ele ou para confessar que costumavam brincar com os livros do personagem. E você, gostou da produção do canal? Conseguiu encontrar o herói e os personagens adicionais? Conte para a gente!

Qual é o seu tipo de puzzle ou quebra-cabeça favorito no mundo real? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: