Um dos maiores argumentos de quem é contra a energia solar é o fato de ela precisar de uma fonte que nem sempre está disponível em larga escala – em cidades muito nubladas ou de chuvas constantes, por exemplo, não valeria a pena encher os telhados com painéis de captura.

A equipe do pesquisador do MIT Jeffrey Grossman quer derrubar essa ideia. De acordo com a BBC, ela está desenvolvendo células solares que são inseridas em objetos 3D, criando placas de captura muito mais eficientes que os painéis atuais. Desse modo, é possível gerar muito mais eletricidade sem precisar de muito custo, tempo ou esforço – ou um dia muito ensolarado.

Por enquanto, apenas alguns protótipos em miniatura foram produzidos, mas o favorito para ser levado em frente é o em formato de uma torre, que tem painéis espalhados pela superfície, como as folhas de uma árvore.