Enquanto a China dispara no mercado de eletrônicos e expande seus negócios em escala mundial, a Apple enfrenta maus bocados com baixas vendas e aceitação dividida ao iPhone SE. Ainda assim, é preciso ter cautela ao opinar sobre o assunto. Jia Yueting, o CEO de uma empresa chinesa de tecnologia chamada LeEco, não teve papas na língua e afirmou que a concepção dos produtos da Maçã está “obsoleta” e “defasada” em entrevista ao CNBC.

A companhia do executivo desenvolve soluções de aplicativos, devices e conteúdos numa plataforma online de vídeos. Hoje, ela é constituída por conglomerados e atua em diversas frentes, sendo uma das ditas “gigantes chinesas” em seu segmento – e também conhecida como a “Netflix da China”, só que acessível a partir de uma enorme gama de produtos, incluindo veículos elétricos e até mesmo bicicletas inteligentes.

Acreditamos que a diferença entre nós e a Apple é muito grande. (...) A inovação da Apple se tornou extremamente lenta

Ao divagar sobre os métodos da empresa e sua linha de pensamento com relação ao mercado, Yueting citou a Apple e disse que o componente “inovação”, tradicionalmente adotado pela empresa norte-americana, está “extremamente lento”.

Jia Yueting, CEO da LeEco

“Acreditamos que a diferença entre nós e a Apple é muito grande. A Apple é uma companhia de mobile focada em hardware e software. LeShi [outro nome para a LeEco] é focada primariamente na internet, só depois no software e finalmente no hardware. A Apple tem apenas apps individuais. Essa foi a escolha certa durante a primeira geração de mobile net, quando as CPUs e as velocidades de rede não eram rápidas o bastante. No entanto, agora estamos avançando para a próxima era da internet no mobile”, opinou o CEO.

Sobrou pro iPhone SE

Como não poderia deixar de ser, o executivo citou a dividida reputação do iPhone SE para embasar suas justificativas. “Uma das razões mais importantes [para as vendas baixas] é que a inovação da Apple se tornou extremamente lenta. Por exemplo, um mês atrás, a Apple lançou o iPhone SE. De uma perspectiva de alguém que é da indústria, esse é um produto com um baixo nível de tecnologia. Achamos que é algo que eles não deveriam ter feito. Como uma líder da indústria, a Apple deveria estar desenvolvendo produtos de ponta”, alfinetou.

“O iPhone era líder até cinco anos atrás. Mas, agora, a concepção caiu. Ficou obsoleta e defasada. Acreditamos que a próxima geração de internet mobile será mais aberta, mais orientada a um ecossistema em vez de um loop fechado. (...) A natureza fechada dos sistemas da Apple ofuscou a inovação na indústria de internet mobile”, avaliou o empreendedor chinês.

iPhone SE: recepção dividida no mercado

O fenômeno Apple permanece, mas é fato que a concorrência – leia-se Android e o crescente mercado chinês – tem buscado seu lugar ao sol e incomodado a Maçã muito mais do que antigamente, e justamente por oferecer inúmeras possibilidades aos usuários. E você, o que acha?

Executivo chinês alfineta a Apple e diz que os produtos dela estão obsoletos! Você concorda ou discorda? Comente no Fórum do TecMundo.

Cupons de desconto TecMundo: