Gerenciar uma empresa não é uma tarefa fácil. Estruturar as áreas, ir atrás de clientes, resolver problemas, administrar funcionários e ainda ficar atento a tudo são desafios que os empreendedores enfrentam diariamente. Hoje, há muitos empresários de pequenos negócios que estão sofrendo com a crise para manter todas as suas contas em dia.

Foi por isso que o Sebrae criou o Mutirão da Renegociação, uma mobilização nacional para incentivar os empresários a renegociarem suas dívidas tributárias, com condições especiais, em até 120 meses e assim permanecer no Simples Nacional.

Com esse esforço, o Sebrae quer incentivar os empresários a regularizar, além de suas pendências tributárias, as suas dívidas com bancos, aluguéis e fornecedores, e assim continuar a gerar emprego e renda, contribuindo para alavancar a economia do país.

Esse incentivo surgiu com a sanção da Lei Complementar nº 155/2016, conhecida como "Lei Crescer Sem Medo” — que, entre outras coisas, amplia o prazo de pagamento de dívidas tributárias para até 120 meses. Essas novas possibilidades são exclusivas às micro e pequenas empresas optantes do Simples Nacional. Com essa ação, o Sebrae estima que os empreendedores consigam renegociar seus débitos e começar 2017 muito mais tranquilos.

A produção deste publieditorial foi patrocinada pelo Sebrae.

Cupons de desconto TecMundo: