O Tony Stark da vida real dispensa apresentações: Elon Musk, que aposta em carros elétricos e quer colonizar Marte, não para de ter ideias. A mais nova, segundo o The Wall Street Journal, é levar internet a todos os cantos do planeta, inclusive os pontos mais remotos, a partir de satélites que são mais leves e baratos do que os atuais.

Musk estaria em uma parceria com Greg Wyler, que trabalhou na Google e agora comanda a WorldVu Satellites. Caso dê certo, o projeto aposta em satélites que pesem até 113 kg, menos da metade do que os atuais satélites de comunicação.

Essa proposta não é original, já que a própria Google também está investindo em algo parecido — mas, segundo Wyler, sem o conhecimento próprio em manufaturas. Ainda assim, a inserção de Musk para cumprir o mesmo objetivo é bem-vinda: ele estaria disposto lançar mais de 700 satélites em um projeto que, para ser desenvolvido, custaria US$ 1 bilhão.

Conversas com governos de Flórida e Colorado para discutir a possibilidade de instalação de fábricas nesses locais já estão adiantadas. Ainda assim, por conta da complexidade do projeto e de nenhum contrato ter sido fechado, Musk não falou publicamente sobre o assunto ou fechou negócio.

Cupons de desconto TecMundo: