Escolas do mundo todo podem pedir licenças gratuitas do tradutor (Fonte da imagem: Reprodução/Babylon)

Em passagem pelo Brasil, a vice-presidente de vendas e marketing da Babylon Ltd., Liat Sade-Sternberg, aproveitou a ocasião para divulgar uma ação social promovida pela empresa e que, infelizmente, tem tido poucos adeptos no Brasil.

O programa “Babylon in every school” (Babylon em todas as escolas) disponibiliza, gratuitamente, licenças do tradutor da Babylon para escolas de ensino fundamental do mundo todo. Na Rússia, por exemplo, já são mais de 1,1 mil instituições de ensino cadastradas no projeto. Em Israel, o número passa para 4,1 mil, enquanto que Austrália e México ficam com cerca de 240 escolas filiadas.

Já o nosso país possui apenas 66 escolas beneficiadas pelo programa da Babylon, e Liat acredita que o número seja baixo pela falta de informação acerca do projeto promovido pela empresa. Mas agora, com esta notícia no Tecmundo, não há mais desculpas para continuar sem dicionário e tradutor nas máquinas do laboratório de informática.

As instituições interessadas em receber essas licenças gratuitas devem preencher o formulário online disponível no site da Babylon e aguardar o contato de algum representante da companhia. Segundo Liat, o processo para o recebimento do software é prático e sem burocracia.

Cupons de desconto TecMundo: