Essa matéria fala de dois assuntos que, aparentemente não tem muito em comum: drones e casamentos. Os robozinhos voadores – cada vez mais populares – fazem de tudo um pouco, desde espionagem de ponta e detecção de trapaceiros até entregas de pizzas e “confrontos” contra artistas em apresentações ao vivo. Calma, não vamos dizer que esses equipamentos estão juntando os trapinhos, mas sim que estão se revelando ferramentas bem completas para registrar a união de casais por todo o mundo.

Pode parecer bobagem, mas a filmagem desse dia tão especial com os ágeis drones permite que os noivos possam ter um ângulo bem diferente do casório. Voos pelo cenário, tomadas amplas e um visual cinematográfico ampliam as possibilidades de registro e estão agradando tanto recém-casados como pessoas que ainda estão planejando a cerimônia. Só no YouTube são mais de 100 mil vídeos capturados com esse recurso, mostrando que a tendência está em alta e deve se popularizar cada vez mais.

Claro que nem todos os clipes são um sucesso, já que a empreitada depende bastante da experiência ou habilidade do condutor do equipamento. Não é raro que a brincadeira acabe, em alguns casos, com os pombinhos ostentando hematomas gerados por um toque “gentil” do objeto voador. O site Popular Science separou algumas das melhores produções do estilo e você pode conferir a listagem abaixo.

1. Todo mundo de olho no drone

Apesar da filmagem de qualidade, com o aparelho sobrevoando com maestria o casamento e capturando danças e comemorações de um jeito bem diferente, essa produção evidenciou algo que pode atrapalhar os fotógrafos da festa que estão em terra: o drone se torna o centro das atrações em alguns momentos. Será que demora até os convidados se acostumarem com a presença do brinquedinho voador?

2. Peraí, também quero beijar... oops!

Conseguir uma tomada de um beijo romântico entre os noivos parece ser uma tarefa para poucos, mas a pessoa que controla o drone nesse clipe não se dá por vencida e insiste na linda cena. É preciso uma série de tentativas até que as condições e o ângulo perfeito surjam. O condutor não desperdiça a chance, coloca o dispositivo no ar mais uma vez e investe com muita firmeza e direção ao casal. O nocaute aos 1:24 é um mero detalhe para tornar essa união algo inesquecível –pelo menos até que a dor de cabeça passe.

3. Precisão e qualidade

Aqui, é possível ver a habilidade de um verdadeiro profissional no comando de um desses equipamentos voadores. A câmera áerea faz uma geral da bela região conhecida como Rusty Pelican, na Flórida, antes mesmo de os convidados chegarem. Quando a celebração começa o drone pousa e espera até que a união esteja concretizada para voltar aos céus a tempo de registrar os recém-casados caminhando como marido e mulher. Tudo feito de forma simples, muito bonita e, o mais importante, sem colocar ninguém em risco.

4. Beber, cair, levantar (ou não)

Esse vídeo mostra exatamente como os drones são perigosos nas mãos de seres desprovidos de qualquer experiência – mesmo que eles não possuam uma única arma ou estejam no Afeganistão. O rapaz com o controle do robô voador pelo menos tem a decência de levar o equipamento para fora da área coberta, mas isso não é suficiente para evitar que ele quase caia na água, saia voando descontroladamente e acabe por acertar uma árvore na direção contrária dos noivos. Aparentemente, um treino prévio é mais que necessário para a tarefa.

5. Simples, mas com muito estilo

Dá para dizer que esse é o grande destaque entre as produções selecionadas. Além da trilha sonora matadora – vinda diretamente dos filmes do Indiana Jones –, o próprio noivo é o responsável por pilotar o drone durante o momento derradeiro de seu matrimônio. O aparelho chega ao altar trazendo nada menos do que as alianças do casório e toda operação ocorre de forma surpreendentemente tranquila, para alegria do casal e dos amigos e familiares no local. No fim, todo mundo adora histórias com finais felizes, não é?

--

A conclusão que se tem é que se pode conseguir ótimos resultados filmagem desse tipo, mas, ao mesmo tempo, também é possível afirmar que basta contratar um profissional não tão bom – ou aquele seu primo que cobra baratinho – para que o casamento se torne alvo de um drone ou piloto com sangue nos olhos.

Com o recurso se popularizando não deve demorar para que o robô aéreo seja oferecido como parte do pacote de casamento em terras brasileiras. A dica é pesquisar bastante antes de fechar negócio ou, pelo menos, contratar um cinegrafista tradicional para não perder nenhum momento da festança.

Cupons de desconto TecMundo: