A Parrot é uma das maiores fabricantes de drones civis do mundo — sendo responsável por alguns dos aparelhos mais legais da atualidade, como os A.R.Drones que nós testamos aqui no TecMundo. E agora, a empresa volta aos holofotes ao trazer dois novos modelos para os consumidores que adoram se divertir com drones dos mais diversos tipos. O mais legal é que os dois estão sendo disponibilizados a custos mais baixos.

O primeiro é o Rolling Spider, que se diferencia dos outros modelos lançados anteriormente por não ser obrigatoriamente voador. Isso mesmo, o drone pode flutuar sem qualquer problema, mas também pode ter rodas acopladas para que possa ser utilizado como um carro de controle remoto. Ele ainda conta com uma câmera vertical para capturar imagens aéreas, mas não oferece streaming em tempo real.

Outra opção é o Jumping Sumo, que é o primeiro drone da Parrot a não apresentar a capacidade de voar. Ele conta com duas rodas de borracha bem grandes e um mecanismo que garante saltos de até 80 centímetros. Dessa forma, ele pode vencer obstáculos de diversas formas, não sendo limitado à utilização em solo plano. Ele também conta com câmeras e pode realizar a gravação de vídeo e transmissão em tempo real.

Enquanto o Rolling Spider oferece autonomia de bateria de oito minutos para voos e seis minutos para percursos em solo, o Jumping Sumo garante até 20 minutos de diversão. O primeiro modelo chegará às lojas norte-americanas pelo preço de US$ 99, enquanto o segundo deve custar US$ 159. Ambos estão em pré-venda para os consumidores dos Estados Unidos, mas ainda não há previsão de vinda ao Brasil.

Cupons de desconto TecMundo: