Você já viu aqui no TecMundo alguns drones de aspecto bem peculiar, desde o gato empalhado até o minirrobô para selfies. Mas essa criação da parceria entre a California Institute of Technology e a University of Illinois é tão original quanto funcional.

O Bat Bot é um drone que possui um aspecto que imita o morcego e funciona basicamente batendo as asas, em vez de ter as tradicionais hélices e o formato de quadricóptero. Os cientistas envolvidos no projeto alegam que isso faz ele ser mais seguro, barato e ágil que os modelos normais.

Como a estrutura dos membros do morcego é bastante complexa e cheia de articulações, a ideia é se inspirar no design e criar algo no meio termo, aproveitando o visual e os principais pontos, porém de forma mais efetiva. Um dos exemplo disso é a "pele" usada: um material artificial com base de silicone que tem certa de metade da espessura de um fio de cabelo humano.

As asas podem ser mover de forma independente e constante, o que ajuda a economizar energia, e a parte autônoma ainda precisa ser melhorada. Porém, a promessa é que ele tenha uma movimentação tão fluida quanto o animal, podendo ser facilmente confundido com os morcegos de verdade.

Por enquanto, o Bat Bot ainda faz voos curtos, por questão de bateria — ela não pode ser pesada para prejudicar a trajetória, por exemplo. Fora do laboratório, o drone poderia ser usado em missões de reconhecimento, como auxiliar em operações de resgate e para vasculhar áreas de difícil acesso. Porém, ainda não há previsão para o projeto alçar voo.

Cupons de desconto TecMundo: