Está marcado para o dia 6 de novembro, um domingo, a primeira corrida de drones profissional realizada na cidade de São Paulo. Seguindo os padrões das corridas internacionais, a Drone Racing SP fará parte da São Paulo Tech Week, que começa dia 5, e tomará nas ruas do centro da cidade — especificamente, com início na Galeria do Rock.

"Neste evento, um cenário com referências futurísticas em ambiente controlado é montado, os competidores trazem seus equipamentos e devem cumprir algumas tarefas que serão detalhadas posteriormente", explica o site oficial do Tech Week.

Para melhorar a experiência dos profissionais e do público, a Mirante Lab, empresa que está por trás da Drone Racing, preparou um projeto no Catarse para receber ajuda na tarefa: a meta é de R$ 92 mil e cerca de R$ 5 mil já foram conseguido — de acordo com a própria empresa, se a meta não for batida, a corrida acontece da mesma maneira, mas a Mirante vai "utilizar recursos próprios e campanha 'flex' do Catarse para entregar as recompensas de qualquer maneira".

"O público poderá acompanhar todos os detalhes da corrida, de pertinho, com toda segurança! Também teremos telões que transmitirão todo o percurso, além das imagens dos óculos dos pilotos, como se estivéssemos pilotando juntos, num cenário futurista, cheio de luz e efeitos especiais", explica a campanha no Catarse.

Corrida acontecerá na Galeria do Rock

Eu quero correr, como faço?

A corrida vai acontecer no dia 6 de novembro, às 17 horas, na Galeria do Rock (fica na Av. São João, 439, SP). Se você tem o equipamento necessário e deseja levar o seu drone para competir, é preciso correr: apenas quatro vagas estão abertas ainda. Vale notar que qualquer um pode se inscrever "tanto para assistir quanto para correr", segundo a Mirante Lab. "Não há restrições, a única regra é que o piloto precisa ter um equipamento compatível com as especificações do site".

"Os drones para essa modalidade tem um perfil específico e são chamados de 'racers'. Os pilotos quase sempre utilizam um óculos de FPV (First Person View) que recebe as imagens do drone, como um videogame na vida real", explica o Catarse da corrida.

E os amadores?

A corrida de drones não vai acontecer só para profissionais: crianças e adultos também vão poder participar de um evento paralelo.

Competindo no melhor estilo "Corrida Maluca", como brinca a Mirante Lab no Catarse, o evento também quer que crianças possam voar com drones de brinquedos. Além disso, que iniciantes possam experimentar e treinar nos obstáculos oficiais.

"Iremos promover uma bateria para qualquer um experimentar a sensação de participar de uma corrida com um drone de brinquedo. Se você tem um drone de brinquedo e comprou ingresso, traga-o; se você não tem e quer participar, existe uma recompensa que te dá um desses — além do ingresso —, e se você já comprou o ingresso, também estaremos vendendo drones no dia", comentou a Mirante.

Para acompanhar mais detalhes, veja os links abaixo:

Cupons de desconto TecMundo: