OnePlus estaria planejando celular barato com chip top de linha

1 min de leitura
Imagem de: OnePlus estaria planejando celular barato com chip top de linha
Imagem: OnePlus
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.

De acordo com rumores, a OnePlus pretende lançar smartphones com desempenho de top de linha mais baratos. Utilizando processadores como o Snapdragon 888, a empresa estaria desenvolvendo aparelhos custando até US$ 500 (aproximadamente R$ 2,6 mil em conversão direta).

A OnePlus se estabeleceu no mercado principalmente por ser uma das empresas a oferecerem modelos com excelente custo-beneficio. No entanto, atualmente, os smartphones mais poderosos custam a partir de US$ 600, com o próprio OnePlus 9 Pro passando de US$ 1 mil (R$ 5,5 mil).

Preço de entrada, desempenho topo de linha

O perfil Digital Chat Station, conhecido na Weibo por vazar informações geralmente confiáveis, a OnePlus já estaria desenvolvendo uma nova linha de smartphones que pretende entregar o desempenho dos aparelhos top de linha, mas custando até ¥ 3.000, o equivalente a US$ 473.

A intenção da empresa não é baixar o preço do segmento com os aparelhos carro-chefe, como o novo  OnePlus 10 Pro, mas trazer o desempenho desses modelos para uma faixa de preço mais acessível. Empresas como a Samsung já estão de olho nessa estratégia com aparelhos ao estilo Galaxy S21 FE.

Como o foco seria principalmente no desempenho do processador, o rumor sugere que a nova linha da OnePlus deve limitar componentes como câmeras, vedação e tecnologias embarcadas, mas utilizar processadores Dimensity 9000 ou Snapdragon 888.

Weibo @DigitalChatStationWeibo @DigitalChatStationFonte:  AndroidAuthority 

Até o momento, a informação deve ser tratada como rumor, mas vale ressaltar que muitas das funções dos aparelhos mais caros são pouco aproveitadas pela maioria dos usuários. Dessa forma, utilizar chips potentes com menos funcionalidades seria uma estratégia interessante para oferecer celulares com excelente desempenho, mas melhor adequados à realidade do segmento de entrada.