ROG Phone 5 é lançado por até 1.299 euros [Hands-on]

9 min de leitura
Imagem de: ROG Phone 5 é lançado por até 1.299 euros [Hands-on]
Imagem: Derek Keller/TecMundo
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

ROG Phone 5 é oficial! Nesta quarta-feira (10), durante um evento internacional, a ASUS anunciou seus mais novos smartphones parrudos e cheios de recursos voltados à jogatina mobile de alto nível.

E sim, eu falei no plural porque agora o ROG Phone 5 tem as versões Pro e Ultimate, que não só chegaram com especificações internas mais poderosas, mas também com visuais diferenciados, recursos especiais, acessórios e brindes.

ROG Phone 5ROG Phone 5. (Imagem: Derek Keller/TecMundo)

E melhor do que acompanhar de longe a novidade, é poder estar com ela em mãos para ter as primeiras impressões. E foi exatamente isso que eu fiz durante uma semana; mas antes de mais nada a ASUS não deu nenhuma explicação de porque a linha pulou direto do ROG Phone 3 para o ROG Phone 5.

A teoria mais popular é que em Taiwan, onde está localizada a sede da marca, o idioma principal é uma das variantes do chinês. E, em chinês, a pronúncia do número quatro é parecida com a da palavra morte, portanto esse é um número considerado azarado.

Esse motivo já teria feito outras marcas orientais evitarem o número quatro, então se for esse ocaso, a ASUS não é a primeira a fazer isso. Sem mais delongas, vamos falar das impressões do ROG Phone 5, começando pelo hardware.

Hardware

O processador nos três modelos é o mais recente da linha top da Qualcomm, o Snapdragon 888 acompanhado pela GPU Adreno 660. Sim, o núcleo principal da CPU tem um clock máximo menor do que o do 865 Plus, mas comparativos diretos entre esses dois chips já mostraram que isso não impede o mais novo de superar o desempenho do modelo do ano passado. Provavelmente, graças ao processo de fabricação de cinco nm, o sistema vê as formas como ele lida melhor com as memórias e a GPU mais poderosa.

Lembrando que eu estou falando só do desempenho dos processadores em si, e não do conjunto que está no ROG Phone 5 especificamente. Até porque, para falar sobre isso, eu precisaria de mais tempo de testes para poder fazer uma review correta.

Aliás, se você está ansioso por uma review dessa belezinha, é melhor respirar fundo e se acalmar. Como dependemos da ASUS para emprestar o aparelho, precisamos respeitar as datas de embargo estabelecidas por eles.

ROG Phone 5 ROG Phone 5. (Imagem: Derek Keller/TecMundo)

Voltando ao hardware, podemos notar algumas diferenças entre os três modelos, mas todas com RAM LPDDR5 e armazenamento UFS 3.1.

ROG Phone 5 mais básico vem com três opções:

  • 8 GB de RAM e 128 de armazenamento.
  • 12 GB de RAM e 256 de armazenamento.
  • 16 GB de RAM 256 de armazenamento.

O modelo Pro repete os 16 GB de RAM, mas aumenta o espaço interno para 512 GB. Já o Ultimate mantém esse armazenamento, mas é o primeiro smartphone do mercado com 18 GB de RAM LPDDR5.

O modelo que a ASUS mandou para a gente é o melhor ROG Phone 5 básico, com 16 GB de RAM. E, por mais que eu não possa fazer uma análise mais detalhada do desempenho, posso adiantar que a minha primeira impressão foi bem positiva.

Deu para rodar tudo no máximo sem qualquer sinal de sofrimento, mesmo nas situações mais extremas que fazem o aparelho esquentar bastante. Aliás, a ASUS refez o sistema de resfriamento dele para conseguir colocar o processador bem no meio, trabalhando o posicionamento das baterias, das câmeras de vapor e de outros componentes para dissipar esse calor o mais rápido possível e diminuir o efeito disso sobre o sistema.

Diferenciais

E já que eu mencionei resfriamento, as memórias não são a única diferença entre os modelos. O modelo Pro e o Ultimate incluem na caixa o novo Aero Active Cooler 5. Essa nova ventoinha é compatível apenas com a família ROG Phone 5, assim como o modelo anterior não é compatível com os novos celulares.

Segundo a ASUS, a nova ventoinha reduz a temperatura da CPU em até 10 °C e a temperatura da superfície em até 15 °C. Isso ajuda o celular a manter o desempenho mais elevado e com menos oscilação de framerates ao mesmo tempo que deixa-o mais confortável de segurar.

Rog Phone 5 e acessóriosRog Phone 5 e acessórios. (Imagem: Derek Keller/TecMundo)

Outra novidade legal do acessório são dois botões traseiros que podem ser configurados para funções diferentes nos jogos. Por mais que o modelo básico do ROG Phone 5 não venha com isso na caixa, a ASUS mandou-a separada para a gente.

Ela é bem fácil de encaixar e eu gostei que mantém o acesso à porta USB-C da lateral do aparelho e ainda adiciona uma entrada para fone ali mesmo, servindo também de suporte para deixar o celular em pé. Isso fica bem legal para assistir a vídeos ou jogar com um controle Bluetooth ou outro acessório da família.

Design

Outra diferença entre os três modelos é o design. Em comum, eles têm os alto-falantes simétricos que ficam na borda das duas pontas do aparelho e que a ASUS trabalhou para passar uma experiência de áudio mais tridimensional, poderosa e detalhada — eu gostei bastante do que eu ouvi aqui. Na borda superior, há também a câmera frontal para quem quiser fazer selfies.

Câmera do ROG Phone 5ROG Phone 5. (Imagem: Derek Keller/TecMundo)

Na parte de baixo, fica uma das entradas USB-C e o conector de fones de ouvido, que não só está de volta depois de pular o ROG Phone 3, mas ainda ganhou um DAC dedicado apresentando mais qualidade nos sons.

Do lado esquerdo fica a bandeja, que dá um detalhe charmoso. Ela tem espaço para dois chips de operadora, mas nenhum deles serve para cartões de memória. Ainda desse lado do celular, fica a segunda entrada USB-C para poder recarregar o aparelho enquanto joga na horizontal sem se incomodar.

Ao lado dela, fica o conector magnético para ventoinha. Essas portas vêm com uma tampinha de borracha removível, ajudando a manter essa área um pouco mais protegida quando não está em uso.

Na direita, fica o botão de energia e a alavanca de volume; nas duas pontas, os sensores ultrassônicos que podemser configurados para partes específicas da tela em cada jogo e que realmente dão vantagem competitiva para quem usar direito.

ROG Phone 5 ROG Phone 5. (Imagem: Derek Keller/TecMundo)

Mas é na traseira onde os três modelos têm as diferenças mais visíveis. Para mim, o ROG Phone 5 básico é o aparelho mais discreto de todos que a ASUS fez até hoje nessa linha gamer. Ainda tem a logo em LED colorida, agora podendo até configurar efeitos de degradê (mas mesmo com isso e os outros elementos de design o aparelho está muito mais sutil que os antecessores). Eu particularmente gostei mais assim.

ROG Phone 5Detalhes do ROG Phone 5. (Imagem: Derek Keller/TecMundo)

O ROG Phone 5 Pro já puxa para estética gamer mais tradicional, com linhas mais marcadas; ele também troca a logo em LED por uma tela OLED na traseira, que inclusive vem com várias animações pré-instaladas que podem ser customizadas.

Já o modelo Ultimate mantém esse estilo, mas aposta na cor branca com detalhes em preto, e a telinha OLED parece que funciona em preto e branco. Como eu falei, esses dois modelos vêm com o Aero Active Cooler 5 na caixa; além disso, o Ultimate soma a isso um kit especial para os fãs, que vem com boné, adesivos, máscaras, cards e mais um monte de mimos.

Vale lembrar que nenhum deles têm certificação IP de resistência à água, mas todos vêm com um case na caixa.

Tela

Seguindo agora para a tela, os três modelos vêm com o mesmo display AMOLED 6,78” Full HD +. Isso garante as cores, o detalhamento e o brilho das imagens para uma experiência visual que não deixa nada a desejar.

Assim, para os gamers, o mais importante é a taxa de atualização de 144 Hz e a taxa de amostragem de toque de 300 Hz. Isso garante que os movimentos sejam os mais fluidos e rápidos possíveis, o que melhora o tempo de reação nos jogos compatíveis e também faz o aparelho registrar os comandos com uma latência mínima de 24,3 ms.

Em outras palavras, se o gamer com um aparelho desse jogar com um oponente em um celular, sem encostar na tela ao mesmo tempo para atirar um no outro, o gamer vence porque o smartphone vai registrar o comando antes.

Android 11

Os novos ROG Phone vêm com o Android 11 na interface própria da ASUS, podendo ser escolhidos vários temas, que estão disponíveis para deixar a experiência final mais para o lado gamer ou com uma estética bem parecida com a do Android mais simples dos aparelhos da Google.

De um jeito ou de outro, ainda tem os recursos específicos para jogos no game Genie e tem também o Armoury Crate, que possibilita customizar vários detalhes do funcionamento do celular. Tem recursos para controlar as luzes, forçar o desempenho da CPU e GPU a se manterem sempre no máximo possível e até melhorar o desempenho de Wi-Fi.

Bateria

Alimentando tudo isso há uma bateria de 6 mil mAh, que é dividida em duas partes iguais. Aqui, em vez de apostar em recarga sem fios, a ASUS escolheu focar em recarga rápida. Portanto, todos os modelos da linha ROG Phone 5 vêm com um carregador de 65 W, que a ASUS promete ser capaz de encher essa bateria grande do aparelho em menos de 1 hora.

Acessórios

A ASUS mandou para gente o novo Kunai 3 Gamepad. Por mais que a versão anterior desse acessório tenha suporte parcial aos novos celulares da família, esse aqui mantém os principais atrativos e vem com suporte a um novo modo Bluetooth, bem como com um novo bumper específico.

Kunai 3 Gamepad Kunai 3 Gamepad. (Imagem: Derek Keller/TecMundo)

Assim, consegue-se colocar o celular apoiado com a perna do cooler e usar o controle no formato sem fios, que tem uma pegada bem gostosa, ou então desencaixar as metades e usar só o lado esquerdo individualmente.

É possível também pode mudar a chave para posição USB, encaixar os controladores dos dois lados do bumper que vem junto com os controles e usar o celular como um Switch. Tem um monte de botões que permitem customizar de forma individual. Esse primeiro contato com esses acessórios me agradou bastante.

Preços e datas de lançamento

Por enquanto, a gente sabe que os modelos básicos da família vão ser lançados no exterior em março e os preços variam de 799 a 1299 euros, conforme indicado abaixo.

RoG Phone 5

  • 8/128 GB: 799 euros.
  • 12/256 GB: 899 euros.
  • 16/256 GB: 999 euros.

RoG Phone 5 Pro

  • 16/512 GB: 1.199 euros. (Inclui AeroActive Cooler 5)

RoG Phone 5 Ultimate

  • 18/512 GB: 1.299 euros. (Inclui AeroActive Cooler 5 e Ultimate fan gift collection)

A versão Pro está prevista para abril e, por enquanto, a ASUS não confirmou a vinda de nenhum desses modelos para o Brasil.

No entanto, o histórico de lançamentos anteriores e o embargo para reviews sem datas definidas indicam que a gente deve sim receber pelo menos 1 versão do ROG Phone 5 daqui a alguns meses, provavelmente no 2º semestre do ano. Também não temos ideia dos preços, mas é melhor não esperar nada barato.