Galaxy S21 não suporta atualizações rápidas do Android

1 min de leitura
Imagem de: Galaxy S21 não suporta atualizações rápidas do Android
Imagem: Android Authority
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Galaxy S21 chegou ao mercado trazendo mais potência e diversos aprimoramentos, mas acabou deixando de lado uma função interessante do Android. De acordo com o Android Police, a nova linha de celulares não suporta atualizações rápidas de sistema, que acontecem enquanto o aparelho está em uso.

A tecnologia divide o sistema em duas partições e realiza a instalação com o aparelho em atividade. A aplicação das mudanças ocorre rapidamente após o dispositivo ser reiniciado.

Fonte:  Android Police 

A novidade evita as famosas instalações que demoram até 20 minutos e deixam o smartphone inutilizável durante a implementação do update. Além disso, o novo método de instalação é mais seguro contra erros que podem corromper o sistema operacional do aparelho.

Apesar das vantagens para os usuários, as fabricantes ainda não deram tanta atenção para o sistema de atualizações rápidas criado pela Google. A documentação do Android 11 recomenda que as empresas adotem a novidade, porém, o uso da função não é obrigatório.

Fonte:  Pocket Lint 

A Samsung não explicou os motivos para a ausência do recurso na linha Galaxy S21, mas o Neowin possui uma teoria. Segundo aponta o site, as atualizações rápidas exigem cerca de 3 GB adicionais do armazenamento do celular, que ficam indisponíveis para uso no smartphone.

A linha Galaxy S21 chega ao mercado com aparelhos trazendo pelo menos 128 GB de memória interna, com modelos chegando aos 512 GB. Por outro lado, os aparelhos não possuem um slot para cartão de memória e o usuário está limitado ao armazenamento que vem com o aparelho.

Galaxy S21 não suporta atualizações rápidas do Android