TCL mostra novo celular de 6,7'' com tela rolável na CES 2021

1 min de leitura
Imagem de: TCL mostra novo celular de 6,7'' com tela rolável na CES 2021
Imagem: TCL
Avatar do autor

Para quem pensou que não rolaria nenhuma surpresa na CES 2021 (Consumer Electronic Show), na verdade rolou. E o que rolou foi a tela de um dispositivo da chinesa TCL, que estica e retrai nas mãos de uma mulher em um vídeo exibido hoje (11). A novidade, já antecipada aqui no TecMundo, tanto pode ser um smartphone ou um tablet.

A tecnologia, também mostrada mais cedo em um teaser da LG, durante o discurso do vice-presidente sênior da empresa Jin-hong Kim, foi apresentada em um comunicado à imprensa feito pela TCL como AMOLED Rollable Display portátil de 6,7 polegadas, uma tela rolável capaz de ser estendida “para 7,8 polegadas com um simples toque de dedo”.

Fonte: TCL/DivulgaçãoFonte: TCL/DivulgaçãoFonte:  TCL 

No vídeo, o chefe do "X-Lab" no Centro de Design Industrial da TCL, Tiago Abreu, diz que a funcionalidade permite que o dispositivo vá de smartphone a tablet, criando uma experiência totalmente inédita, ao introduzir uma interface de usuário facilmente adaptável, além de manter uma espessura de 10 mm, o que torna o aparelho bem mais fino que os atuais smartphones dobráveis.

Como irão funcionar os roláveis?

No vídeo de apresentação do dispositivo TCL, há um momento em que a modelo que está com o aparelho nas mãos, o utiliza como espelho para retocar sua maquiagem, o que leva a crer que a superfície do verso do rolável deve ser altamente reflexiva.

Fonte: TCL/DivulgaçãoFonte: TCL/DivulgaçãoFonte:  TCL 

Entrevistado pelo portal CNET, Stefan Streit, gerente-geral de marketing para telefonia da TCL, afirmou que a empresa lançará um smartphone com tela flexível em 2021, embora não tenha esclarecido se esse dispositivo seria um dobrável ou o novo rolável.

Abreu também mostrou um novo display de rolagem OLED impresso de 17 polegadas que pode ser “esticado” com uma “gama de cores 100%”. A nova tecnologia, elaborada pela CSOT (China Star Optoelectronic Technology), uma subsidiária da TCL, pode ser, segundo Abreu, "amplamente aplicada em TVs flexíveis, telas curvas e dobráveis, bem como telas comerciais transparentes".