iPhone SE 2020 não tem chip U1 para reconhecimento espacial

1 min de leitura
Imagem de: iPhone SE 2020 não tem chip U1 para reconhecimento espacial
Imagem: Apple
Avatar do autor

O novo iPhone SE 2020 foi apresentado pela Apple e a companhia ainda não revelou as especificações completas do dispositivo, mas parece que um pequeno e específico componente vai ficar de fora do celular: o chip customizado de localização U1. Apesar de não ser uma prioridade para a grande maioria dos usuários, a ausência da tecnologia pode tornar o aparelho incompatível com funcionalidades que chegarão futuramente aos celulares da marca.

Segundo aponta o The Verge, o chip U1 não aparece listado na divisão de conexões da página do iPhone SE na loja da Apple. A empresa confirmou que o produto terá Wi-Fi 6, NFC e Bluetooth 5.0, mas, diferente do iPhone 11, o chip para reconhecimento espacial não faz parte das especificações divulgadas do aparelho.

As especificações do iPhone SE não incluem o chip de reconhecimento espacialAs especificações do iPhone SE não incluem o chip de reconhecimento espacialFonte:  Apple 

Lançado pela Apple no ano passado, o U1 é um chip de localização precisa, que permite ao iPhone reconhecer o espaço ao seu redor para realizar certas funções, inclusive quando o dispositivo não está conectado na internet. Uma das utilidades do componente está ligada ao AirDrop: com a tecnologia em ação, é possível transferir arquivos entre celulares apenas apontando um aparelho para o outro, sem a necessidade de fios.

A ausência do chip no iPhone SE também deve tornar o celular incompatível, ou limitado, com futuras tecnologias que estão em desenvolvimento para os aparelhos da Apple. Uma das novidades que deve chegar em breve é o Apple CarKeys, que supostamente usará o reconhecimento espacial para transformar o smartphone  em chave do carro.

O AirDrop pode funcionar de maneira limitada no iPhone SEO AirDrop pode funcionar de maneira limitada no iPhone SEFonte:  9to5Mac 

Outra novidade que supostamente utilizará o chip U1 é a tecnologia AirTag, que já apareceu em vazamentos do iOS e até em um vídeo no YouTube. A solução seria um sistema de rastreamento que permitira encontrar um iPhone perdido mesmo quando o celular não está conectado no Wi-Fi ou em uma rede de celular.

Além de não ter confirmado o chip U1 no iPhone SE, a Apple também fez mistério com algumas das especificações do smartphone. Recentemente, um vazamento vindo da China revelou mais detalhes sobre o celular, mas todo o hardware do dispositivo só deve ser revelado a partir de 24 de abril, quando o produto chega ao mercado nos Estados Unidos.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
iPhone SE 2020 não tem chip U1 para reconhecimento espacial