5 coisas de que gostei mais no Galaxy S20 Ultra do que no iPhone 11 Pro Max

5 min de leitura
Imagem de: 5 coisas de que gostei mais no Galaxy S20 Ultra do que no iPhone 11 Pro Max
Imagem: Joyce Macedo / TecMundo
Avatar do autor

Tenho usado o iPhone 11 Pro Max, da Apple, como meu smartphone pessoal há alguns meses; apesar de muitos serem inflexíveis em relação à troca de sistema operacional, não tenho problemas com esse processo. Recentemente, tive a oportunidade de passar um tempo com o Samsung Galaxy S20 Ultra como meu dispositivo principal e pude notar na prática as principais diferenças entre eles.

Apesar de estarmos falando de smartphones top de linha das fabricantes mais famosas do mundo, cada um tem as suas particularidades, e eu testei todas elas durante minha experiência. Enquanto o iPhone tem uma interface de câmera bem mais intuitiva, o S20 Ultra tem um conjunto de lentes muito mais versátil, por exemplo.

Mas as diferenças não se limitam às câmeras, por isso listei neste artigo cinco características do Samsung Galaxy S20 Ultra que se mostraram melhores do que no iPhone 11 Pro Max durante o uso na rotina.

1. Tela

É impossível não ficar impressionado com as telas top de linha da Samsung. No caso do Galaxy S20 Ultra, há um fator ainda mais diferenciado: a taxa de atualização de até 120 Hz. Para efeito de comparação, 60 Hz é a taxa padrão dos principais smartphones disponíveis no mercado, incluindo o iPhone 11 Pro.

Na prática, uma alta taxa de atualização significa menos atraso na resposta para os comandos táteis no display e uma navegação mais fluída. Isso é muito perceptível na hora de rolar a tela, por exemplo, além de ser ótimo para jogos.

Galaxy S20 Ultra 120 HzTela de 120 Hz do Galaxy S20 Ultra. (Fonte: Joyce Macedo/TecMundo)

Além de trazer o dobro de Hz na hora de atualizar a tela, o AMOLED Dinâmico da Samsung faz as imagens reproduzidas no S20 Ultra oferecerem uma experiência incrível na hora de consumir conteúdos como vídeos e games. O problema é que deixar a taxa nos 120 Hz pode drenar rapidamente a bateria do smartphone — apesar de o S20 Ultra ter impressionantes 5.000 mAh, ainda não é o suficiente para ficar com a taxa tão alta o tempo inteiro. E o recurso só funciona na resolução FHD+, o que teoricamente já economiza mais energia do que o Quad HD+ suportado pelo Ultra.

Rumores indicam que a Apple pode apostar na mesma taxa de atualização do S20 Ultra no iPhone 12, mas por enquanto não passa de especulação.

2. Single Take

O Galaxy S20 estreou o recurso Single Take nas câmeras dos smartphones da Samsung. O que ele faz é capturar várias imagens com apenas um clique no botão do obturador. O mais legal é que não é apenas um GIF, mas sim diferentes versões de uma mesma cena.

Ele captura até 10 segundos de imagem e, em seguida, cria um pacote de fotos e pequenos vídeos com vários efeitos, ângulos e repetições. O sistema de inteligência artificial também recomenda os melhores takes de cada uma das câmeras.

Modo Single Take do Galaxy S20Modo Single Take no Galaxy S20 Ultra. (Fonte: Joyce Macedo/TecMundo)

A brincadeira é ótima para quem gosta de publicar imagens divertidas nas redes sociais sem se preocupar muito em ter trabalho com edição, por exemplo. Fazer registros enquanto brinca com seu animal de estimação ou com crianças é uma ótima dica para extrair o que há de melhor do Single Take.

3. Modo de câmera manual

Eu não sou um ás da fotografia, mas ter a opção de escolher manualmente as configurações desejadas de câmera é realmente um diferencial. Além de permitir adequar melhor a captura de fotos ao cenário em que você está, o Galaxy S20 Ultra tem um modo de vídeo profissional. Você pode mexer em ISO, nível de exposição, foco automático e balanço de branco. Não é exatamente o mesmo conjunto de ferramentas de uma DSLR, obviamente, mas o básico do ajuste está lá para quem quiser se aventurar.

Galaxy S20 UltraModo de câmera profissional do Galaxy S20 Ultra (Fonte: Joyce Macedo/TecMundo)

O Galaxy S20 Ultra também tem a opção de filmar em 8K. Mas eu usei muito? Não, porque não tenho TV 8K para assistir nem aos meus próprios vídeos.

O iPhone tem uma configuração de câmera bem mais restritiva, o que não é de todo mal, já que muita gente gosta mesmo é de sacar o celular e já usar o modo automático.

Também posso adicionar aqui a presença do Space Zoom. No Galaxy S20 Ultra, ele tem um alcance de até 100 vezes, combinando zoom óptico híbrido e zoom de super-resolução. Em tempos de quarentena, é preciso controlar qualquer tendência de stalkear vizinhos nas janelas, pois o detalhamento da câmera de 108 MP de resolução quando aproximamos uma imagem pode ser fatal para invadir a privacidade dos outros — então, foco na Lua.

4. Carregamento muito rápido

Pela primeira vez, a bateria não é um quesito de reclamação no iPhone. Isso porque o 11 Pro Max teve um grande avanço em relação aos seus antecessores: deixou de lado o mísero carregador de 5W para trazer na caixa uma opção de 18W. Isso significa que a carga completa demora mais de 1 hora.

Já o Galaxy S20 Ultra conseguiu me impressionar com sua bateria de 5.000 mAh, maior que a do iPhone 11 Pro Max, que demora cerca de 60 minutos para ir de 0% a 100% na tomada com o carregador de 25W que vem na caixa. E ainda dá para ser mais rápido, porque ele é compatível com carregadores de até 45W.

O gerenciamento da bateria sem deixar as configurações máximas ativas, incluindo a tela de 120 Hz, também é bem otimizado.

5. Tela sem notch

Galaxy S20 e iPhone 11 ProTela com e sem notch no Galaxy S20 Ultra e no iPhone 11 Pro Max. (Fonte: Joyce Macedo/TecMundo)

Agora vou voltar um pouco para o primeiro item e dizer que poder aproveitar uma experiência mais completa de tela, sem um notch atrapalhando a parte superior, é algo muito positivo.

No caso do Galaxy S20 Ultra, a solução de câmera centralizada e integrada ao display combina com o design elegante das bordas mais arredondadas do aparelho. Isso também influencia diretamente o aproveitamento da tela na hora de consumir conteúdo.

É claro que nem tudo são flores no Galaxy S20 Ultra; assim como existem pontos muito positivos nele, que se destacam em relação ao iPhone 11 Pro Max, a recíproca é verdadeira.  Então, se você conhecer alguns pontos em que a Apple mandou melhor do que a Samsung no seu top de linha, conte aqui nos comentários.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
5 coisas de que gostei mais no Galaxy S20 Ultra do que no iPhone 11 Pro Max