Poco X2 é oficializado com tela de 120 Hz, várias cores e preço baixo

2 min de leitura
Imagem de: Poco X2 é oficializado com tela de 120 Hz, várias cores e preço baixo
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A fabricante Poco, submarca independente da Xiaomi, finalmente apresentou o seu segundo smartphone ao mercado. Batizado de Poco X2, ele é o sucessor do Poco F1, também chamado apenas de Pocophone — um dos modelos mais elogiados de 2018 pelo fator custo-benefício.

Para a segunda incursão ao mercado, a empresa ataca novamente com um dispositivo intermediário que é barato, mas oferece características presentes só em modelos menos acessíveis ao público. O destaque da vez está na tela: o painel de 6,67" tem taxa de atualização de 120 Hz, além de suporte a HDR 10, escala 20:9 para consumo de vídeos e games, além da resolução Full HD+.

A Poco também não quis ser modesta nas câmeras. No esquema traseiro, que é quádruplo, o sensor principal é o IMX686 da Sony, com 64 MP. Ele é acompanhado de uma lente macro (2 MP), uma ultra wide (8 MP) e um sensor de profundidade (2 MP). Além disso, são dois sensores para selfie: um de 20 MP e outro de 2 MP, ambos posicionados com um discreto furo no canto direito superior do display.

Fonte da imagem: Divulgação/Poco

O design do aparelho não é exatamente inovador, mas conta com características interessantes. O corpo do dispositivo é de vidro 3D curvo, com Gorilla Glass 5 na proteção. Ele traz a entrada tradicional de fones de ouvido, além de conectividade USB-C. Já o sensor biométrico fica em um botão na lateral. O sistema operacional é a MIUI 11, baseada no Android 10.

Um smartphone gamer?

O processador é uma escolha curiosa: o Snapdragon 730G, um chip octa-core de 2,2 GHz da Qualcomm vendido como alternativa gamer. O Poco X2 parece, portanto, tentar se vender não apenas como um smartphone barato, mas também um celular gamer mais em conta.

O chip também é elogiado por recursos de IA, captura de imagem e desempenho otimizado. Entretanto, vale lembrar que o Poco F1 tinha o poderoso Snapdragon 845 em sua composição — e deixar a linha de lado comprometendo o desempenho geral pode desagradar alguns fãs da marca.

Além do processador e da taxa de atualização de 120 Hz, o modelo conta com um sistema de resfriamento líquido chamado LiquidCool, pouco detalhado pela fabricante. A bateria tem 4.500 mAh e carregador veloz de 27 W.

Fonte da imagem: Divulgação/Poco

A ideia da Poco aqui não é apenas bater de frente com as gigantes, mas também impedir o crescimento de marcas similares. Na apresentação, tabelas comparavam lado a lado o modelo com uma rival direta: o X2, da Realme. Além disso, fãs mais atentos de modelos chineses com certeza notaram semelhanças nas especificações entre ele e o Redmi K30, de outra submarca da Xiaomi.

Disponibilidade

O Poco X2 será vendido inicialmente apenas na Índia, a partir de 11 de fevereiro e pela loja Flipkart. Ele está disponível em três cores (Matrix Purple, Phoenix Red e Atlantis Blue), com três configurações diferentes. Os preços em real estão em conversão direta de moeda:

  • 6 GB de RAM e 64 GB de espaço: 15,999 rúpias (cerca de R$ 955)
  • 6 GB de RAM e 128 GB de espaço: 16,999 rúpias (cerca de R$ 1.020)
  • 8 GB de RAM e 256 GB de espaço: 19,999 rúpias (cerca de R$ 1.190)

Além de ser encontrado via importação, o Pocophone original é vendido no Brasil a partir da parceria entre Xiaomi e DL Eletrônicos. Por enquanto, não há informações sobre uma eventual chegada do novo dispositivo por aqui.

Fontes

Poco X2 é oficializado com tela de 120 Hz, várias cores e preço baixo