Para impulsionar vendas, Motorola Razr barateia troca de tela

1 min de leitura
Imagem de: Para impulsionar vendas, Motorola Razr barateia troca de tela
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Uma das maiores preocupações com a chegada e popularização dos smartphones dobráveis é o custo e a complexidade da manutenção. As telas flexíveis, engrenagens e a fragilidade desses dispositivos afasta boa parte dos consumidores. A Motorola, por outro lado, quer reduzir ao máximo o custo de manutenção do novo Motorola Razr. Nos Estados Unidos, a troca da tela custaria US$ 1.500, mas os consumidores precisarão pagar apenas US$ 299 — metade do valor praticado no Galaxy Fold e menor que o custo de reparo do Huawei Mate X 5G.

Pode não ser um valor muito empolgante, já que, na data da publicação desta matéria, o dólar custa R$ 4,23 — totalizando R$ 1.263,90 para o reparo apenas da tela. Apesar disso, a ação da Motorola é uma ótima maneira de popularizar o produto e alcançar mais consumidores; podemos ver iniciativa parecida quando o smartphone chegar no mercado nacional.

O Moto Razr chegou apostando na nostalgia dos consumidores. O visual do smartphone dobrável é bastante fiel ao RAZR V3, popular smartphone da década passada. No entanto, ele conta com tela dobrável que toma toda a parte interior do aparelho. Além disso, há uma tela externa para apresentação de notificações, hora e auxílio para foto.

(Fonte: Motorola/Divulgação)

O smartphone dobrável chegará ao mercado no dia 9 de janeiro de 2020; no entanto, não há data programada para o lançamento no Brasil — que tem janela de lançamento estimada para fevereiro do ano que vem.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Para impulsionar vendas, Motorola Razr barateia troca de tela