Apple deve lançar iPhone com Face ID e biometria sob a tela em 2021

1 min de leitura
Imagem de: Apple deve lançar iPhone com Face ID e biometria sob a tela em 2021
Avatar do autor

O analista Ming-Chi Kuo, da TF International Securities, afirmou que a Apple pode lançar um iPhone com duas tecnologias para o desbloqueio de tela: Touch ID e Face ID. O reconhecimento de impressões digitais foi abandonado pela companhia quando ela resolveu usar telas maiores, removendo o botão Home de seus smartphones, pelo qual a leitura biométrica era realizada.

A suposição de Kuo se baseia no fato de a Apple ter registrado patentes de tecnologias de reconhecimento de impressões digitais sob a tela. Para a TF, o Touch ID e o Face ID são recursos complementares e que podem coexistir no aparelho para serem utilizados em situações diferentes.

(Fonte: FBI/Reprodução)

Apenas para 2021

Kuo acredita que um iPhone com essas características pode ser lançado em 2021, já que, nos próximos 18 meses, muitos problemas técnicos serão resolvidos. Contudo, há alguns desafios a serem superados para a implantação da biometria sob a tela, como definir a espessura do módulo de detecção e o tamanho de abrangência de sua área, além do consumo de energia e da taxa de rendimento de produção do processo de laminação.

Há também a possibilidade de a empresa utilizar uma variante do sistema ultrassônico de impressão digital da Qualcomm, que funciona em boa parte da tela. De qualquer forma, a Apple ainda teria que fazer suas próprias adaptações. A empresa é conhecida por usar hardware exclusivo, o que garante a compatibilidade com seus sistemas operacionais.

Outras possibilidades

Kuo ainda considera que o Apple Watch também receberá o Touch ID, já que parece mais adequado e útil ao dispositivo do que o Face ID, porém sem previsão de quando isso pode acontecer.

De acordo com o analista, a companhia terá que lidar com o impacto tarifário em sua linha de produtos a partir do ano que vem, uma vez que pretende diversificar suas fontes de produção devido ao impasse comercial entre EUA e China.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Apple deve lançar iPhone com Face ID e biometria sob a tela em 2021