Google confirma compra de dados faciais para incrementar o Pixel 4

1 min de leitura
Imagem de: Google confirma compra de dados faciais para incrementar o Pixel 4
Avatar do autor

Algumas pessoas nos Estados Unidos relataram neste mês que a Google vinha oferecendo cartões-presente em troca das características faciais de transeuntes. A suspeita era de que a companhia estivesse treinando sua inteligência artificial para melhorar a identificação dos usuários em seus dispositivos — em especial do vindouro Pixel 4. Agora, a própria Gigante de Mountain View confirma isso ao The Verge.

Bem, já é sabido que o próximo smartphone da empresa virá com o chamado “Motion Sense”, um sistema aprimorado de desbloqueio facial que também serve como controle de funcionalidades a partir de gestos no ar, a exemplo do vídeo abaixo:

Essa tecnologia é alimentada pelo chip Soli, que promete rapidez e precisão, e pelo componente de segurança Titan M — sem armazenamento das informações em nuvem. Para garantir que tudo funcione bem, a Google admitiu que realizou essa pesquisa de campo, em troca dos cartões-presente de US$ 5, que, segundo relatos, curiosamente eram da Amazon ou do Starbucks — em não da Google Play.

Google promete apagar dados dessa pesquisa em breve

Segundo a própria companhia, todos os dados coletados nessa pesquisa devem ser apagados após 18 meses. Ela também garante que as essas verificações faciais são "criptografadas e de acesso restrito", sem conexões com a conta do Google das pessoas envolvidas.

pixel 4O funcionamento do novo sensor Soli. Fonte: Google/Reprodução

Ao que parece, o Motion Sense será um dos principais recursos do Pixel 4, pois oferecer uma varredura à distância — mesmo que curta — mais rápida, segura e precisa pode ser um grande diferencial diante da concorrência. O lançamento dos novos smartphones está previsto para outubro.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Google confirma compra de dados faciais para incrementar o Pixel 4