Você se lembra daquele aparelho anunciado pela Meizu em janeiro com design revolucionário, sem qualquer botão físico ou entrada para cabos, com o visual mais minimalista possível? Aparentemente, ele nunca verá a luz do dia — e a fabricante ainda deu uma explicação bizarra para isso.

Chamado de Meizu Zero, o aparelho chegou a ser exibido na MWC 2019 de forma quase secreta e sem identificação. Além disso, a empresa lançou uma campanha de financiamento coletivo para tornar o projeto possível. Só que o crowdfunding fracassou, atingindo menos da metade da meta de US$ 100 mil, e agora o discurso da marca mudou completamente.

Segundo o CEO da Meizu, Jack Wong, "o projeto de financiamento coletivo era apenas a equipe de marketing entediada". Na mesma entrevista para o site Endgadget, o executivo confirmou que "o celular sem furos e entradas é somente um projeto em desenvolvimento do departamento de pesquisa" e que a marca nunca pretendeu produzir esse projeto em massa.

Agora, não é possível saber se a Meizu estava apenas testando o mercado para saber a recepção ao Meizu Zero e saiu decepcionada, ou de fato nunca pretendia lançar algo parecido tão cedo. O fato é que o modelo, que funcionava com chip digital eSIM, custaria caros US$ 1,3 mil (cerca de R$ 4,9 mil em conversão direta de moeda) deve mesmo ser engavetado por algum tempo.

Cupons de desconto TecMundo: