Antes do lançamento oficial dos novos Galaxy S10 realizado hoje (20) pela Samsung, havia uma suspeita bastante polêmica envolvendo os novos aparelhos da coreana. Segundo um rumor disseminado na web na semana passada, os leitores de digitais ultrassônicos embutidos na tela dos celulares deixaria de funcionar caso fossem cobertos por uma película tradicional. Felizmente, essa história não passava de uma bela lorota.

Essa informação equivocada veio do Mobile Fun, que mostrou um dos novos smartphones da Samsung usando uma película totalmente estranha. Havia um grande buraco na parte central inferior que, teoricamente, serviria para que o usuário colocasse seus dedos diretamente em contato com a tela, bem no local do leitor ultrassônico.

Por conta dessas imagens, diversos fãs da Samsung ficaram preocupados com o fato de a nova tecnologia ser falha nesse nível e impedir que compradores pudessem proteger seus smartphones com películas tradicionais. Afinal, é melhor não ter uma película do que usar uma como essa do vídeo que você confere acima.

A confirmação de que essa história toda não é verdade foi feita pelo BGR, que conversou com representantes da Samsung em San Francisco na tarde de hoje. Contudo, nenhuma demonstração de um Galaxy S10 com película foi feita para comprovar que o sensor realmente funciona com esse tipo de acessório.

ChipsetSamsung Exynos 9820Samsung Exynos 9820
Memória RAM8 GB ou 12 GB8 GB
Armazenamento Interno128 GB, 512 GB ou 1 TB128 GB ou 512 GB
Câmera Traseira12 MP (f/1.5-2.4, 26mm, 1/2.55") + 12 MP (f/2.4, 52mm, 1/3.6") + 16 MP (f/2.2)12 MP (f/1.5-2.4, 26mm, 1/2.55") + 12 MP (f/2.4, 52mm, 1/3.6") + 16 MP (f/2.2)
Câmera Frontal10 MP (f/1.9) + 8 MP (f/2.2)10 MP (f/1.9)
Capacidade de Bateria4100 mAh3400 mAh
Tamanho de Tela6,4 polegadas6,1 polegadas
Resolução de TelaQuad HD+ (1440 x 3040 pixels)Quad HD+ (1440 x 3040 pixels)

***

Se não quer esperar pelo S10, confira outros Galaxy que já estão no mercado brasileiro