Rumores sobre mudanças na interface, uma nova versão gratuita e a chegada de um gadget do Spotify vêm circulando a web já há algumas semanas. E, ao que parece, as melhorias já vazaram. Pelo menos é o que mostra o flagrante do The Verge.

O maior destaque fica por conta de mais poder para as contas gratuitas, especialmente com relação à possibilidade de rodar playlists por demanda, como dá para notar logo abaixo. Antes, as listas da versão grátis só podiam ser executadas no modo Shuffle, o que aqui aparece como uma alternativa, em forma de um ícone azul.

spotify

Outra adição é a forma como as faixas individuais eram apresentadas enquanto estavam sendo tocadas. Anteriormente, somente alguns artistas renomados é que exibiam arte em tela cheia. Agora, isso deve ter se tornado padrão para a grande maioria dos artistas. Aliás, quase tudo foi redesenhado. A página de buscas conta com caixas coloridas temáticas (com opções como “Exercício” ou “Estado de Espírito”) e as prévias oferecem mais infos sobre as canções.

Em termos de acessibilidade, o botão “Browse” (“Navegar”) deixou de existir e a busca por conteúdo passou a ser concentrada em “Search” (“Busca”). O ícone “Rádio” desapareceu e a função não pôde ser encontrada nos menus.  Por enquanto, uma suposta nova funcionalidade de controle por voz também ficou de fora.

spotify

Tudo isso viria para tornar a experiência mobile gratuita mais próxima do modelo para assinantes. Ainda não está claro o que a companhia faria para tornar o modelo pago mais atraente, já que assim ela estaria praticamente abrindo para mais usuários o que somente os Premium possuem.

De acordo com especialistas, essa seria uma forma do Spotify agradar aos acionistas, já que, desde o começo deste mês, a empresa passou a se tornar pública. Não há nenhuma confirmação oficial sobre essas alterações e tudo deve ser efetivado no evento marcado para a próxima semana, no dia 24.

Cupons de desconto TecMundo: