De todos os Moto Snaps lançados na primeira leva da linha, o Soundboost foi certamente um dos mais bem-sucedidos. Tanto que, com a chegada do Moto Z2, a JBL resolveu lançar um sucessor para seu acessório – adequadamente nomeado Soundboost 2. Embora mantendo o mesmo hardware do modelo original, o novo dispositivo chama a atenção por seu design mais moderno, bem como por algumas pequenas adições, como resistência a respingos.

Com as mãos em um Moto Z2 Play e o promissor dispositivo de áudio, testamos o aparelho por várias semanas para responder: o JBL Soundboost 2 é um sucessor digno para quem quer ouvir músicas em alto volume com um Moto Snap? Continue lendo para saber nossas conclusões.

Muita qualidade para uma caixinha tão pequena

Não podemos começar sem falar do aspecto mais importante do JBL Soundboost 2. Que a verdade seja dita: com um par de alto-falantes que oferecem uma potência de apenas 6W, você não deve esperar que esse Moto Snap sirva para festas cheias ou para ouvir música em ambientes abertos e movimentados.

Segurando o Soundboost 2

Em lugares fechados ou não tão barulhentos, por sua vez, o Soundboost 2 se sai incrivelmente bem. Nos nossos testes, a qualidade de áudio permaneceu sem o menor sinal de distorções mesmo em seu volume máximo, e o som em níveis medianos já foi mais do que suficiente para aproveitar uma música ou ouvir um podcast com enorme nitidez.

Como se tudo isso não fosse impressionante o suficiente, o Soundboost 2 pode ser usado com a ajuda do app My JBL Soundboost 2, que dá ainda mais controle para a qualidade do som através de um poderoso equalizador. Usar a ferramenta é simples, pois basta que você escolha entre o padrão básico ou algum tipo de música que está ouvindo; de resto, ele contribuiu para deixar o áudio como um todo mais profundo e claro.

Pronto para longas horas de música

De nada adiantaria todo esse poder, porém, sem uma bateria para dar conta do recado. Nesse sentido, o JBL Soundboost 2 se sai incrivelmente bem: sua bateria de 1.000 mAh cumpre as 10 horas de uso prometidas pela fabricante, baixando para em torno de 8 horas apenas ao deixar o dispositivo em seu volume máximo.

Ainda nesse quesito, vale notar dois detalhes que não deixaram de nos impressionar. Para começar, há o fato de que você pode acompanhar os níveis de bateria do Soundboost 2 facilmente através de sua central de notificações do Android. Além disso, o acessório pode ser carregado tanto separadamente quanto ao ser conectado ao seu smartphone. Novamente, são itens pequenos e não tão incomuns, mas que merecem elogios.

Nível de bateria do SoundboostAdicionar um medidor de bateria separado, visível como os níveis de bateria do próprio celular, é um toque bem-vindo

Dados todos os elogios, fica apenas o aviso: o Soundboost 2 não avisa quando sua bateria acaba com notificações ou alarmes. Logo, se você não checar os níveis de energia com frequência, pode não perceber que começou a usar a carga do celular – e ficar sem bateria nos piores momentos. Mas convenhamos que, com tantas horas de duração, esse é um problema raro de ocorrer.

Tão bonito quanto desengonçado

Entrando no quesito design, precisamos novamente destacar o avanço deste dispositivo em comparação ao Soundboost original. Trocando as bordas retas por curvas mais suaves, o novo acessório não só parece mais compacto (embora a diferença de tamanho entre ambos seja mínima), como também traz uma sensação muito mais confortável de segurar.

Isso não quer dizer, contudo, que você vai conseguir deixar o Soundboost 2 conectado ao seu Moto Z sem nem perceber que ele está ali. O tamanho considerável do snap, somado aos cantos curvos, faz com que o aparelho corra risco de escorregar da sua mão, caso você o segure com uma só mão, e não seja nada discreto de guardar no bolso.

Vista lateral do Soundboost 2Por menor que seja, o Soundboost 2 ainda é bem maior do que o próprio aparelho para o qual foi feito

Ao menos, como falamos antes, ele não é tão desconfortável de usar quanto poderia. Então dá para carregá-lo consigo, mesmo conectado ao seu smartphone, para ocasiões especiais. Apenas não espere querer deixá-lo preso ao celular 24 horas por dia – mas acredite quando falamos que você vai agradecer por tê-lo por perto em muitas situações.

A praticidade compensa

Todos os problemas de ergonomia que citamos logo acima, no entanto, não são nada diante das vantagens que ele pode oferecer. Para começar, não dá para negar que o Soundboost 2 ainda é muito menor do que uma caixinha de som comum, o que faz com que ele seja uma opção bem mais fácil de carregar do que a grande maioria dos aparelhos do gênero.

Sua simplicidade de uso e suporte integrado são ideais para ouvir músicas ou assistir a vídeos no dia a dia

Só ajuda, é claro, o fato de esse Moto Snap ser provavelmente o mais fácil de usar de todos os modelos disponíveis atualmente. Não é preciso nem mesmo configurar opções do sistema ou abrir algum aplicativo: você encaixa o Soundboost 2 no celular, e ele automaticamente entra em ação, continuando com as configurações de áudio da última vez que foi usado.

Agora junte a isso a escolha da Motorola de manter o suporte para deixar o aparelho na horizontal, já presente no primeiro modelo. O resultado? Um acessório versátil como poucos, que evolui o conceito da “central de mídia” dos nossos smartphones por se adaptar às nossas necessidades.

Suporte do JBL Soundboost 2Você vai usar o Soundboost 2 nessa forma com muita frequência

Se você acha que estamos exagerando, vale um pouco de minha experiência pessoal. Graças a todos esses fatores, virou padrão em meu dia a dia usar o Soundboost 2 logo que chegava em casa para praticamente tudo. Afinal, fosse na hora de cumprir as chatas tarefas em que uma música ou um podcast são muito bem-vindos ou para assistir a vídeos no YouTube com uma qualidade extra de som – e sem nem precisar segurar o aparelho – o Moto Snap estava pronto para a situação, fazendo um trabalho excepcional.

Dito isso, você provavelmente vai agradecer ao lembrar que o acessório ganhou resistência contra respingos. Afinal, quando estamos falando de um dispositivo feito para colocar de pé em cima da mesa – naquele lugar especialmente exposto a líquidos derramados acidentalmente – você não iria gostar se seu Soundboost 2 acabasse estragado pelo menor deslize.

Vale a pena?

Até aqui, você provavelmente já está imaginando que minha resposta à nossa costumeira pergunta é um sonoro “sim”; afinal, o aparelho é potente e conveniente. O grande problema surge quando começamos a falar do preço do acessório (algo muito recorrente nos Moto Snaps, como também foi o caso do Gamepad).

Na loja oficial da Motorola (praticamente a única grande loja que disponibiliza o acessório), é possível conseguir uma unidade do Soundboost 2 por salgados R$ 699. Já por meios como o Mercado Livre, o valor pode cair para em torno de R$ 500; é mais acessível, mas não muito.

Agora, considere a posição em que o Soundboost 2 se coloca com tal preço. Por um lado, ele é mais caro do que a grande maioria das caixas de som portáteis do mercado, que muitas vezes mal chegam à faixa dos R$ 100. Por outro, vários aparelhos de custo parecido conseguem oferecer um som muito mais potente – e com a vantagem de serem compatíveis com qualquer outro smartphone, é claro.

Mas calma, porque nem tudo está perdido. É importante lembrar que este Moto Snap também é vendido no bundle do Moto Z2 Play New Sound Edition. O pacote pode ser facilmente encontrado na faixa dos R$ 1,6 mil, sendo que o Moto Z2 Play comum custa em torno dos R$ 1.450; logo, é como se você estivesse pagando o valor bem mais aceitável de R$ 150 pelo acessório.

Apesar da comodidade extra, o preço elevado do Soundboost 2 o coloca em uma posição difícil contra outros modelos do mercado

Nesse caso em específico, não tenha dúvidas de que você vai se satisfazer muito com a compra – eu mesmo a fiz e não me arrependo. Já para quem comprou outra edição do Moto Z2 e está pensando em ter o dispositivo separadamente... Bem, só vale a pena se você fizer muita questão de dar uma melhorada no som do seu smartphone, não quiser ter uma caixa de som desengonçada para isso e, claro, tiver muita grana sobrando para atender esse capricho.

E para quem já tem um Soundboost comum e está pensando em trocar pelo novo modelo? Nesse caso, há ainda menos motivo, já que ambos trazem o mesmo hardware principal.

Cupons de desconto TecMundo: