A primeira chamada telefônica feita por um telefone móvel foi realizada há quase 45 anos, por um modelo prévio do famoso Motorola DynaTAC. Olhando para trás, esse pode ter sido um dos eventos mais importantes para a história da tecnologia, considerando que nossos telefones móveis atuais são, sem dúvida, os dispositivos que mais utilizamos no dia a dia.

Até não muito tempo atrás, os telefones móveis não serviam para muita coisa além de fazer chamadas e enviar SMS. Uma transformação aconteceu no fim dos anos 2000 com a popularização do smartphone. Mas esse tipo de aparelho começou a tomar forma muito antes, em 1992, quando a IBM lançou nos EUA o “IBM Simon”, o qual tinha uma tela sensível ao toque, conseguia mandar e receber emails e ainda contava com algumas outras funções avançadas para a época.

Ibm simonIBM Simon

Inspirado nas histórias do pessoal do CNet, o TecMundo resolveu mergulhar um pouco na nostalgia da tecnologia móvel e contar nossas histórias com nossos primeiros celulares. A nossa geração era criança na década de 1990 — quando celulares eram muito caros —, e só no começo dos anos 2000 é que tivemos nossos primeiros dispositivos. Antes disso, celulares não eram muito comuns nas mãos de crianças ou adolescentes como hoje. Seja como for, acompanhe nossas histórias.

Renan Hamann – Editor / Celular: Ericsson A1228d

Meu primeiro celular foi um presente de aniversário que ganhei do meu pai quando eu tinha 10 ou 11 anos. O Ericsson A1228d era gigantesco e não cabia nos bolsos da calça de uma criança (tinha que carregar na mochila), sendo que ele também era um dos primeiros pré-pagos do Brasil, com o Tim Pronto! Uma coisa muito engraçada é que ele foi um dos primeiros a receber SMS, mas não mandava — a gente precisava ligar para a operadora e ditar a mensagem para a atendente, como um Pager. Não tinha jogo da cobrinha! =/

Ericsson A1228dEricsson A1228d

Nilton Kleina – Editor / Celular - Nokia 1108

Meu primeiro celular foi um Nokia 1108. Não me esqueço da cor e dos botões que pareciam "cheinhos", fora a iluminação branca que dava um toque de modernidade a ele — os outros tinham aquela luz mais esverdeada. Me foge a data ou a minha idade, mas com certeza eu tinha mais de 12 anos.

Ganhei ele depois de muita insistência, já que eu não via nenhuma utilidade nele: só Snake, que jogava no celular dos meus pais. Já com o Nokia em mãos, odiava carregar um telefone para todos os lados e deixava ele em casa quando saía. Tomei muita bronca por causa disso e só mais tarde fui pegando gosto pelo uso, encantado por recursos como compor músicas monofônicas e deixar de toque. Deixei o modelo de lado quando "herdei" um Nokia mais moderno de uma tia que havia entrado no mundo dos smartphones.

Nokia 1108Nokia 1108

Leonardo Müller – Redator / Celular – Nokia 2112

Lembro muito bem do dia em que eu fui com meu pai e minha prima a uma loja comprar meu primeiro celular no ano de 2005. Eu tinha começado a estudar em uma escola longe de casa, e meu pai achava que seria uma boa eu poder me comunicar com a família quando necessário. O aparelho era um Nokia 2112 da Vivo. Ele era “azul bebê”, bem compacto, tinha uma iluminação branca como o do Nilton, e a tampa traseira possuía um lugar para pôr uma foto 3x4.Não sei quem teve essa ideia...

Tinha lanterna, jogo da cobrinha e “dançava” na mesa com a vibração dos toques

Como todo bom Nokia da época, ele uma tinha lanterna, jogo da cobrinha e “dançava” na mesa com a vibração dos toques. Era muito divertido. Falando nisso, esse era um dos poucos modelos que tinha uma loja de toques e podia acessar a internet por meio de um browser WAP. Uma vez, esperei passar da meia noite eu gastei quase 30 reais de crédito navegando em um site mobile pré-histórico da Vivo achando que não gastaria nada — como na boa e velha internet discada. Naturalmente, meu pai ficou de cara, e eu passei três meses sem ganhar crédito depois daquilo.

Nokia 2112Nokia 2112

Tayara Simões – Head de comunicação e marketing / Celular - Nokia 1110

Era maravilhoso! Eu entrava em grupos de bate-papo por SMS e achava o máximo falar com tantas pessoas ao mesmo tempo pelo celular. Hoje fujo de todos os grupos que posso! Torcia para ter créditos e poder comprar novos toques. Isso era o ápice da riqueza [muitos risos]. Ah, e ele podia cair no chão à vontade que eu nem ligava. Era bateria para um lado, capa para outro e ficava tudo certo. Sdds!

Nokia 1110Nokia 1110

Rodrigo Vana – Editor de vídeo / Celular - Ericsson A1228LX

Lembro que eu achava o máximo o celular poder mandar mensagens (o que descobri um bom tempo depois que estava com ele). Só achava ruim que ele não cabia no bolso, aí só levava comigo quando estava de mochila. Ganhei o A1228LX em 2000, quando tinha 16 anos.

A1228LXA1228LX

Lorena Estevam – Social Media / Celular – Nokia 1110

Aos 10 anos, ganhei o meu primeiro celular: um Nokia 1110 com uma sensacional lanterna. Foi um presente de aniversário atrasado, e eu fui surpreendida ao acordar com o despertador que tinha um barulho padrão, mas, para mim, foi extremamente emocionante. A maior sensação era o jogo da cobrinha — um clássico — e um jogo naval que nem lembro o nome.  Mas nunca vou esquecer as festas que fazia em meu quarto, com a lanterna e apenas um toque polifônico, que custou R$1,59.

11101110

Carolina Perazzoli – Designer / Celular - Nokia 5120

Meu primeiro celular foi um Nokia 5120! Eu fiz a cagada de trocar meu Super Nintendo por ele, e pior, eu tinha que dividir ele com minha irmã! Eu era bem jovem e quase nunca tinha créditos para de fato usá-lo, então eu basicamente só jogava Snake! Enfim, ele foi furtado quando estava em posse de minha irmã, em um bar de Guaratuba/PR.

Nokia 5120Nokia 5120

Douglas Ciriaco – Redator / Celular - Nokia 8265i

Era o fim de 2003 quando eu ganhei meu primeiro celular de presente. Esse Nokia 8265i foi meu companheiro durante anos naquela época em que os aparelhos sequer usavam chips e, para mudar de operadora, era preciso comprar um celular novo. Mas muitas histórias foram compartilhadas por meio de SMS intermináveis, sem contar nas horas gastas jogando Snake.

Nokia 5120Nokia 5120

Leonardo Rocha – Redator / Celular – provavelmente um Nokia 2280

Eu tinha uns 15 anos e não lembro com certeza qual foi o meu primeiro celular, mas sei que era um Nokia de tela monocromática, o design era parecido com o do 2280, e a cor era um azul escuro. Ganhei o aparelho do meu pai depois de dar um sumiço com uns amigos da escola para jogar em uma lan house e só aparecer de noite em casa. A minha linha era pré-paga, e eu não tinha o hábito de trocar mensagens – "torpedos", risos – com colegas, então ele só servia para duas coisas: jogar Snake e permitir que meus pais me ligassem para saber onde eu estava.

Nokia 2280Nokia 2280

Cláudio Yuge – Redator / Celular – um Ericson desconhecido e um LG SP110

A primeira vez que vi um celular na vida foi ainda em meados de 90, quando meu irmão mais velho, que tinha ido para o Japão, voltou com uns aparelhos — e nenhum deles funcionou aqui. Daí ele comprou um tijolão na época, acho que era um Motorola, supercaro. Alguns anos depois, tive o meu primeiro, do qual não me recordo muito bem, provavelmente um Ericsson.

A primeira vez que vi um celular na vida foi ainda em meados de 90

O que mais curti e usei um bom tempo em 2002 foi um LG SP110 cinza, que tinha uma tampa flip para cobrir o teclado — e evitar que você ligasse para alguém sem querer, o que era muito útil. A bateria era muito ruim, o que me obrigou a me desfazer dele um ou dois anos depois. A peça é tão rara que a única foto que encontrei foi essa de alguém vendendo como velharia.

LG SP110LG SP110

Danilo Boros – Editor de vídeo / Celular - Ericsson A1228d

Meu primeiro celular foi um Ericsson A1228d de cor azul com tecnologia TDMA. Ganhei quando fiz 12 anos, em 2000. Não era nem de longe o melhor da época, já que o máximo que ele fazia era RECEBER SMS (sim só, RECEBER). O tempo de bateria era algo próximo do sofrível, e eu queria muito um Nokia 5110 (ou um Gradiente Strike, dependendo do lado da rua que você mora), só que ele era mais caro. Apesar de tudo isso, o Ericsson foi um ótimo companheiro, inclusive muito resistente, já que uma vez um amigo meu fez embaixadinhas com o aparelho, e ele continuou funcionando normalmente. Experimenta fazer isso com um iPhone X!

Ericsson A1228dEricsson A1228d

E o seu?

E qual foi o seu smartphone? Conta para gente nos comentários e coloque uma foto para todo mundo conferir se tinha o mesmo aparelho!

Cupons de desconto TecMundo: