Há exatamente 44 anos, Motorola demonstrava primeiro celular da História

1 min de leitura
Imagem de: Há exatamente 44 anos, Motorola demonstrava primeiro celular da História
Avatar do autor

A Motorola publicou um vídeo e um pequeno infográfico para comemorar uma data especial. Exatamente hoje se completam os 44 anos da primeira chamada de voz feita por um telefone móvel. O dispositivo utilizado foi o DynaTAC, uma criação da Motorola que acabou mudando a forma como o mundo se comunica.

O tal celular custava quase US$ 4 mil na época, o que o tornava praticamente um artigo de luxo, especialmente considerando que na década de 1970 a moeda americana valia muito mais do que hoje. Seja como for, o dia 3 de abril de 1973 ficou marcado na História, e a Motorola realmente tem o que comemorar.

Apesar de a marca não ser mais a “rainha dos celulares” como já foi no passado, ela ainda tem trazido inovação para o segmento. O primeiro celular realmente portátil, que as pessoas podiam carregar em seus bolsos sem ter dor nas costas, também foi feito pela empresa, o StarTAC, e a companhia ajudou a popularizar o Android nos seus primeiros anos com sua linha Milestone e outras.

Não podemos nos esquecer também do tão desejado Motorola Razr V3

Não podemos nos esquecer também do tão desejado Motorola Razr V3, que se tornou simplesmente uma febre e mostrou pela primeira vez que um celular popular poderia ter um design matador.

Quando a empresa passou para as mãos da Google e lançou o primeiro Moto X, ela surpreendeu com um smartphone diferente e mais inteligente do que tudo o que se tinha até então. Depois de um tempo sem inovações relevantes, a marca anunciou a linha Moto Z, que finalmente conseguiu apresentar uma boa concepção de aparelho móvel modular para o mercado.

Abaixo, você confere o pequeno infográfico da Motorola, e, acima, o vídeo comemorativo que conta um pouco da história da marca em forma de rap ou algo assim.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Há exatamente 44 anos, Motorola demonstrava primeiro celular da História