A tecnologia do Apple Watch, por si só, já tem o potencial de fazer com que as pessoas vivam vidas mais saudáveis. Afinal, o gadget coleta e exibe informações importantes sobre a sua saúde e permite até acompanhar a sua evolução caso você tenha decidido começar a cuidar melhor do corpo. Agora, um novo acessório para o relógio inteligente promete levar tudo isso a um novo patamar: integrando a função de eletrocardiograma ao dispositivo.

O projeto foi desenvolvido pela AliveCor e recebeu o aval da Maçã para integrar o portfólio de adereços oficiais do smartwatch. Como a empresa americana conseguiu esse feito? Simples, criando uma pulseira com sensor embutido que vai muito além do que os leitores comuns de frequência cardíaca conseguem fazer. “Vivemos em um mundo onde os consumidores querem saber a todo minuto o que acontece, e, pela primeira vez, eles podem ter uma ferramenta médica, profissional e aprovada pelo FDA para isso”, afirma Vic Gundotra, CEO da companhia.

A novidade, chamada de KardiaBand, não serve apenas para agradar os aficionados por dados, já que é um produto realmente útil para quem tem problemas cardíacos crônicos e precisa acompanhar o desempenho do órgão ao longo do dia. O mais interessante é que o aparelho, que já está sendo vendido por cerca de US$ 200 na Amazon americana, funciona quase que de forma independente do relógio da Apple, trazendo sua própria bateria – com duração estimada de dois anos – e um leitor dedicado.

Basta posicionar o dedo na área prateada durante 30 segundos para que o equipamento faça a medição. A partir daí, o resultado é mostrado em tempo real no display do Apple Watch e as informações podem ser compartilhadas com o aplicativo de sua preferência ou enviadas para seu médico. Vale notar que a integração entre os dispositivos também é feita de forma inteligente.

Isso significa que a pulseira usa os dados do sensor original do relógio para identificar seu padrão cardíaco e, caso note alguma anomalia, pede que você faça o ECG para obter uma leitura mais precisa. Vale notar que, para aproveitar essa e outras funcionalidades da KardiaBand, o usuário precisa também assinar um pacote premium do software proprietário da AliveCor. A assinatura custa US$ 99 anuais ou US$ 9,99 por mês e dá direito a espaço ilimitado na nuvem para guardar seus eletrocardiogramas.

Cupons de desconto TecMundo: