A Apple definiu o dia 3 de novembro para as prateleiras começarem a receber os novos iPhone X. Porém, um relato do The Wall Street Journal indica que, apesar disso, poucas unidades estarão disponíveis para o público — e que será bem difícil conseguir um aparelho logo nos primeiros dias.

O WSJ nota que a Apple está com problemas na produção do smartphone, principalmente no que toca o Face ID. O novo sensor de reconhecimento facial, segundo o relato, possui dois módulos: o Romeo, que projeta pontos infravermelhos para mapeamento, e o Juliet, que faz a leitura de padrões.

Bom, pelo menos você tem mais tempo para juntar algumas moedas, certo? 

Uma fonte do WSJ comentou que os módulos Romeo levam muito mais tempo para serem produzidos do que as partes Juliet. Por causa disso, um gargalo está nascendo nas linhas de produção das fábricas utilizadas pela Apple.

Também é esperada uma alta demanda para o iPhone X, então, o jornal comenta que será bem difícil comprar o aparelho até o começo de 2018. Bom, pelo menos você tem mais tempo para juntar algumas moedas, certo?

Cupons de desconto TecMundo: