A Amazon anunciou hoje (20) o lançamento de uma nova geração do seu tablet Fire HD 10. O aparelho, segundo a fabricante, é 30% mais rápido que o anterior e tem o dobro de memória RAM. A verdade, entretanto, é que o dispositivo tem um hardware relativamente modesto, porém o seu preço de venda nos EUA é baixo o suficiente — US$ 150 (R$ 467 sem impostos) — para garantir uma relação custo-benefício minimamente aceitável.

O que a Amazon oferece nesse produto que outras fabricantes de tablets de baixo custo não conseguem é um bom suporte, incluindo atualizações de software. Pelas imagens, fica óbvio que o Fire HD 10 tem o Android como sistema operacional, mas a empresa não informa qual versão. Nosso palpite é o Nougat 7.0.

Entre as especificações, temos um display com 10,1’’ de resolução Full HD+ (1920x1200) e densidade de pixel de 224 ppi. Certamente não é uma contagem impressionante, mas considerando que estamos falando de um tablet de baixo custo, é aceitável. O modelo do chipset não foi revelando, mas a Amazon explica que se trata de um processador quad-core de 1,8 GHz. Esse aparelho terá apenas 2 GB de RAM, e os consumidores poderão optar entre versões de 32 e 64 GB de armazenamento interno com possibilidade de expansão via cartão micro SD de até 256 GB. Para completar, a fabricante oferece espaço de armazenamento gratuito na nuvem.

tablet amazon

A Alexa agora pode ser invocada pelo usuário com um simples comando de voz

Mas o que realmente destaca esse modelo de outros tablets é a presença da Alexa, que agora pode ser invocada pelo usuário com um simples comando de voz. Até então, todos os produtos Android da marca requeriam que a pessoa interagisse com a tela para, só então, fazer perguntas ou dar comandos à Alexa. Entre outras características, o novo Fire HD 10 tem WiFi dual-band com suporte ao 802.11ac, o padrão mais rápido da atualidade, e vem com Áudio Dolby Atmos.

Já é possível fazer a pré-compra do produto diretamente na Amazon em três opções de cor: preto, azul marinho e vermelho vivo. As entregas começam em 11 de outubro. Como a Amazon não vende nenhum produto da sua linha Fire no Brasil, podemos supor que esse novo tablet também não chegará ao nosso mercado por meios oficiais.

Cupons de desconto TecMundo: