O Galaxy J5 Prime é o sucessor direto do J5 Metal, que foi lançado pela Samsung no ano passado. A novidade é a aposta da empresa coreana para o mercado de smartphones de até R$ 1 mil, que inclui os aparelhos mais buscados aqui no Brasil, então a coreana tem muita concorrência para encarar.

Para se dar bem nesse espaço disputado, o J5 Prime vai ter que bater de frente com vários rivais de peso. Na mesma faixa de preço. Umas das opções mais populares é o Moto G5, que traz um pacote de recursos bem interessante. Será que o aparelho da Samsung consegue encarar o da Motorola? É isso que vamos responder agora nesse comparativo.

Tipo de TelaIPS LCD com 16 milhões de coresPLS TFT com 16 milhões de cores
Tamanho de Tela5 polegadas5 polegadas
Resolução de Tela1920 x 1080 pixels720 x 1280 pixels
ChipsetQualcomm MSM8937 Snapdragon 430Exynos 7570 Quad
Memória RAM2 GB de RAM2 GB de RAM
Armazenamento Interno32 GB16/32 GB
Câmera Traseira13 MP, abertura f/2.0, com resolução máxima de 4160 x 3120 pixels13 MP, f/1.9, 28mm, autofocus, LED flash
Capacidade de Bateria2800 mAh2400 mAh

Design: Galaxy mais elegante

No quesito design, as duas empresas se esforçaram para passar uma sensação de qualidade e elegância aos seus aparelhos. Para isso, empregam alumínio em boa parte de seus dispositivos e capricharam nos acabamentos. Mesmo assim, o Moto G5 perde alguns pontos por empregar plástico em alguns elementos, enquanto o aparelho da Samsung tem um corpo feito totalmente de metal.

Além disso, o J5 Prime aposta em um estilo mais minimalista, seguindo as linhas de design tradicionais da empresa coreana. Enquanto isso, o Moto G5 apresentou um visual que tenta imitar o dos top de linha da Motorola, o que acaba não agradando todo mundo. Mesmo assim, os dois dispositivos são confortáveis de segurar e passam uma sensação de qualidade. Curtir mais o visual de um ou do outro vai depender mesmo do gosto de cada um.

Tela: resolução maior no G5

Por mais que os dois celulares venham com painéis TFT LCD de 5 polegadas, a experiência de utilização acaba sendo bem diferente entre eles. O nível de detalhes exibidos pela tela do Moto G5 é muito superior, graças à sua resolução Full HD. Como o J5 Prime traz apenas a definição HD, a densidade de pixels acaba sendo consideravelmente menor.

Na prática, os dois aparelhos conseguem exibir imagens boas e têm níveis parecidos de reprodução de cores. Além disso, ambos têm brilho forte o suficiente para permitir que sejam usados sem problema em qualquer ambiente, até sob a luz do sol. Mesmo assim, o dispositivo da Motorola sai com uma pequena vantagem aqui.

Desempenho: J5 Prime comendo poeira

É quando falamos do desempenho que o Moto G5 começa a abrir uma dianteira considerável sobre o Galaxy J5 Prime. Isso acontece porque o processador Exynos da Samsung, com seus quatro núcleos de 1,4 GHz, não chega ne perto de oferecer o mesmo poder de fogo que o Snapdragon 430 escolhido pela Motorola, que é um octa-core com núcleos individuais que têm a mesma velocidade.

A diferença não parece muito grande durante o uso mais básico, com aplicativos do sistema e alguns mensageiros, mas é só abrir o Facebook para perceber que o J5 Prime começa a engasgar bastante. Além disso não acontecer no Moto G5, o aparelho da Motorola lida bem melhor com jogos pesados. Os dois celulares acabam apresentando quedas de desempenho em games mais exigentes, mas isso acontece com bem menos frequência no Moto G5.

Interface: retrocesso da Samsung

Por mais que a Samsung tenha trazido uma versão melhorada da sua interface TouchWiz para o Android 6.0 Marshmallow na linha Galaxy A de 2017, ela resolveu não fazer a mesma coisa no J5 Prime. Além de trazer o sistema operacional do ano retrasado, o aparelho vem com a mesma interface dos celulares mais antigos da marca, que é pesada e atrapalha o desempenho do sistema.

Já a Motorola continua apostando em trazer uma versão do Android bem próxima do sistema puro da Google e já atualizada para versão Nougat. Isso ajuda a garantir um desempenho mais liso e rápido. Somando a isso, o Moto G5 vem ainda com um sistema que permite usar gestos no sensor de digitais para substituir as teclas de navegação do Android, o que além de ser muito prático ainda ajuda a liberar mais espaço na tela.

Câmeras: ambos na mesma

Nas câmeras, temos praticamente um empate técnico. Os dois dispositivos têm a mesma resolução tanto no sensor frontal quanto no traseiro e apresentam tecnologias similares. A câmera traseira do J5 Prime tem uma abertura um pouco maior, o que permite fotos mais claras, mas o Moto G5 vem com um sistema de foco automático ligeiramente mais rápido.

Na hora das selfies, os dois também têm resultados igualmente aceitáveis durante o dia, mas não conseguem resultados grandiosos durante a noite. A situação é um pouco pior para o Galaxy J5 aqui, que não consegue produzir fotos noturnas decentes nem com a ajuda do seu flash frontal. Mesmo assim, não é como se o Moto G5 sequer tenha um flash na frente.

Fotos tiradas com o Galaxy J5 Prime:

Fotos tiradas com o Moto G5:

Bateria: vidas diferentes para usos distintos

Falando da duração da bateria, novamente temos uma ligeira vantagem para o Moto G5. Nos nossos testes de stress, o Galaxy J5 Prime aguentou 7 horas e 41 minutos de reprodução contínua de vídeo pelo YouTube, enquanto o Motorola durou 9 horas e 5 minutos nas mesmas condições. Na prática, isso significa que usuários mais intensivos vão conseguir aproveitar um pouco mais do G5 antes de precisa de uma recarga.

Mesmo assim, vale a pena mencionar que o celular da Samsung não foi feito pensando para ser utilizado intensamente. Tanto que ele nem consegue lidar muito bem com games pesados. Os dois smartphones acabam empatando quando são submetidos a um uso mais moderado, aguentando um dia inteiro longe da tomada.

Preço: Moto G5 com melhor custo-benefício

O preço oficial escolhido pelas duas empresas para ambos os smartphones é de R$ 999, o que coloca o Galaxy J5 Prime em grande desvantagem. Como o Moto G5 acaba trazendo um pacote de recursos e desempenho muito superior ao do rival, seria difícil justificar a compra do aparelho da Samsung mesmo que a coreana fizesse uma promoção para deixar o seu celular R$ 100 mais barato.

-----

Mas e você, o que achou dos aparelhos? Deixe a sua opinião nos comentários abaixo e, caso esteja interessado por um deles, confira alguns links com descontos interessantes a seguir.

Opções de compra

Melhores ofertas do Moto G5:

Melhores ofertas do Galaxy J5 Prime:

Cupons de desconto TecMundo: