O Meizu PRO 6 Plus é um smartphone avançado que foi lançado pela fabricante chinesa no ano passado e que recentemente chegou oficialmente ao Brasil pela Vi. O aparelho tem especificações muito parecidas com as do top de linha da Samsung do ano passado, o Galaxy S7, mas enga-se quem acredita que isso significa que os dois aparelhos funcionam do mesmo jeito.

O celular da fabricante chinesa chega trazendo uma série de vantagens, mas também vem com alguns problemas graves e com um preço que talvez não seja bom o bastante para um dispositivo do ano passado. Se você está querendo saber mais sobre o PRO 6 Plus antes de decidir se ele vale ou não a pena, mas não quer conferir a nossa análise completa – clique aqui para acessar o review –, então é só continuar lendo para conferir os cinco melhores e piores pontos do dispositivo.

Pró 1: ótima qualidade de tela

O painel Super AMOLED de 5,7 polegadas do celular da Meizu consegue reproduzir imagens com ótima qualidade. A tecnologia da tela garante ótimo nível de contraste e cores vivas, além de brilho ser forte o suficiente para permitir ver o conteúdo exibido o tempo todo. A resolução Quad HD (2560x1440 pixels) soma-se a isso e permite que as imagens fiquem cheias de detalhes.

Pró 2: design elegante

O PRO 6 Plus tem um design que até lembra um pouco o de alguns concorrentes, mas que consegue ser bonito mesmo assim. A espessura fina e o metal fosco da traseira se combinam bem à frente de vidro com bordas dobradas. O resultado é elegante, tem alta qualidade de construção e uma pegada muito boa.

Pró 3: boa câmera traseira

O sensor de 12 MP da traseira do celular consegue fazer fotos boas tanto de dia quanto de noite. As imagens saem com ótimo nível de detalhes e cores vivas, mas é bom evitar tirar fotos com o flash muito de perto se não quiser que elas fiquem um pouco esbranquiçadas. O modo manual dá um pouco mais de liberdade para você fazer as imagens do jeito que quiser, e a função Refocus permite mudar o foco das fotos depois que elas forem tiradas.

Pró 4: leitor de digitais eficiente

O leitor biométrico do PRO 6 Plus fica na frente do celular, em uma posição fácil de alcançar com o dedo. Ele funciona muito bem e é rápido para cadastrar e reconhecer as suas digitais. Uma pena que ele não deixa você desbloquear o celular se a tela estiver apagada, coisa que muitos concorrentes fazem, como é o caso de vários aparelhos da Motorola e da Samsung.

Pró 5: bateria com duração aceitável para uso intenso

A bateria do Meizu PRO 6 Plus permitiu que ele aguentasse mais de 9 horas nos nossos testes de stress. Não é uma duração excelente, mas já é melhor que a de muitos rivais. Na prática, quem costuma usar bastante o smartphone durante o dia vai ter que maneirar só um pouco para conseguir fazer ele aguentar até de noite fora da tomada.

Já quem fica só nas redes sociais, mensageiros e ouve algumas músicas durante o dia não vai ter que se preocupar com a carga antes do anoitecer. Além disso, caso você precise recarregar o dispositivo, o fast charge permite ir de zero a 100% em mais ou menos uma hora e meia.

Contra 1: falhas em jogos pesados

O desempenho do PRO 6 Plus foi muito bom enquanto ele estava rodando apps comuns e jogos mais leves, mas a coisa mudou na hora dos games mais exigentes. O celular teve falhas graves rodando Mortal Kombat e Injustice, além de dar algumas engasgadinhas com Injustice 2. Outros títulos rodaram bem, mas talvez seja uma boa ideia testar o aparelho antes de comprar para saber se ele consegue suportar os seus aplicativos favoritos sem problemas.

Contra 2: posição ruim do alto-falante

A saída de som do smartphone fica na parte de baixo do aparelho. Isso não incomoda durante o uso comum, mas é só colocar ele no modo paisagem para curtir um vídeo ou um jogo para acabar bloqueando o alto-falante com a mão. Nesse caso, você vai ter que escolher entre segurar o celular de um jeito desconfortável ou se render a um som abafado.

Contra 3: câmera frontal sem flash

Ainda existem vários smartphones top de linha que não vêm com flash frontal, mas no caso do PRO 6 Plus esse item acaba fazendo um pouco mais de falta. Isso acontece porque o aparelho da Meizu não lida muito bem com selfies em lugares escuros. As fotos tiradas coma câmera da frente em lugares mal iluminados acabam saindo bem granuladas.

Contra 4: tecnologia 3D Press subaproveitada

O celular tem um sensor de pressão que consegue detectar quando você aperta a tela com um pouco mais de força, o que permite que alguns aplicativos reajam de um jeito diferente do que fariam com um toque comum. No caso do Meizu, esse recurso só funciona em alguns apps do sistema, que abrem um menu extra quando você pressionar mais forte. Como a função fica bem limitada a apps específicos, você provavelmente vai acabar não usando muito.

Contra 5: preço inadequado

A Vi trouxe o Meizu PRO 6 Plus para o Brasil com o preço de R$ 2.199, valor que seria muito bom se o aparelho tivesse chegado por esse preço no ano passado. Agora, o próprio Galaxy S7 já pode ser encontrado por valores menores que esse. Aí fica difícil justificar a escolha do celular chinês.

-----

E aí, o que você achou dos prós e contras do Meizu PRO 6 Plus? Mande sua opinião nos comentários abaixo e dê uma olhada nos links a seguir para encontrar o aparelho com desconto.

Opções de compra

Melhores ofertas para o Meizu PRO 6 Plus

Lojas internacionais:

Cupons de desconto TecMundo: