No final de maio, alguns analistas acreditavam que o Galaxy S8 estaria sendo mais bem-sucedido do que o Galaxy S7 do ponto de vista comercial. Na última semana, porém, outros especialistas do mercado duvidavam dessa previsão inicial e cravavam que os novos dispositivos teriam vendido 20% menos do que os seus antecessores.

Agora, entretanto, temos a primeira voz oficial da Samsung confirmando que os aparelhos do ano passado foram superados pelos seus sucessores. Durante conferência em Taiwan, o presidente da divisão mobile da Samsung, Dj Koh, confirmou que, somados, Galaxy S8 e S8+ venderam 15% mais do que os Galaxy S7 e S7 Edge.

Galaxy S8/S8+ vendeu mais do que o Galaxy S7/S7 Edge.

A confirmação não veio em um comunicado detalhado, mas não deixa de ser oficial. Os rumores de que os dispositivos de 2017 não estariam indo bem nas vendas foi baseado principalmente na ausência de posicionamento da Samsung, que se limitava a afirmar crer que o S8 e o S8+ estariam pelo menos empatados em vendas com os seus antecessores.

Além disso, a Samsung também relembrava a todos que a política de lançamentos neste ano foi diferente daquela aplicada em 2016. Enquanto no ano passado o S7 e o S7 Edge foram lançado simultaneamente em todo o mundo, os gadgets de 2017 chegaram primeiro a alguns mercados-chave para a empresa, sendo posteriormente lançados também em outros países. Pelo visto, a tática não prejudicou o interesse geral do público em relação aos novos Galaxy.

Cupons de desconto TecMundo: