Já faz algum tempo que os dicionários vêm tentando se adaptar aos novos tempos, trazendo, com isso palavras e termos dos mais utilizados pelo público da internet. É o caso, por exemplo, do dicionário Merriam-Webster, que, ainda em 2014, já havia adicionado uma série de expressões do gênero à sua lista, como “selfie” e “hashtag”.

Um ano se passou e, com isso, o dicionário veio com mais uma “atualização” das grandes. Segundo um anúncio oficial no blog do Merriam-Webster, tivemos a adição de 1.700 novos termos, bem como a expansão de significado de 700 itens e 3.200 exemplos de informação contextual. O mais interessante, contudo, é que palavras como “photobomb”, “meme”, “emoji”, “twerk” e até abreviações como “WTF” ou “NSFW” agora fazem parte da lista.

Conhecendo os termos

Confira alguns dos termos mais interessantes e seus significados, de acordo com o dicionário, logo abaixo:

Clickbait

“Algo (como uma chamada) projetado para fazer leitores quererem clicar em um hyperlink, especialmente quando o link leva a conteúdo de valor ou interesse dúbio.”

Emoji

“Qualquer uma de várias pequenas imagens, símbolos ou ícones usados em campos de texto na comunicação eletrônica (como em mensagens de texto) para expressar a atitude emocional do escritor, passar informações sucintamente, comunicar uma mensagem de maneira brincalhona sem usar palavras, etc.”

Meme

“Uma ideia, comportamento, estilo ou uso que se espalha de pessoa para pessoa dentro de uma cultura.”

Net Neutrality

“A ideia, princípio ou requerimento de que os provedores de serviço de internet devem ou precisam tratar todos os dados de internet como os mesmos, independente de seu tipo, fonte ou destino.”

NSFW

“Não é seguro para o trabalho; não é adequado para o trabalho, usado para avisar alguém de que um website, anexo de email, etc., não é apropriado para ser vistos na maioria dos lugares de trabalho.”

Photobomb

“Entrar no quadro de uma fotografia enquanto ela está sendo tirada como uma piada ou pegadinha.”

Twerk

“Dança sexualmente sugestiva caracterizada por impulsos de quadril rápidos, repetidos, e o chacoalhar das nádegas, especialmente enquanto se agacha.

WTF

“Mas que m–, usado especialmente para expressar ou descrever uma surpresa ultrajante, imprudência, confusão ou espanto.”

Vale notar, por fim, que o Merriam-Webster não é o único, e nem o primeiro, a apostar em tal abordagem: desde 2013 o também famoso Dicionário Oxford vem adicionando termos como “tweet”, “crowdsourcing”, “phablet”, “bitcoin” e muitos outros. Seja como for, é sempre uma boa notícia ver que aos dicionários estão se adaptando aos tempos atuais.

Cupons de desconto TecMundo: