O CyanogenMod começou como uma inofensiva alternativa para quem desejava substituir a ROM nativa de seu aparelho com Android, mas pode estar prestes a se tornar o terceiro maior sistema operacional móvel do mercado – ficando acima até mesmo do Windows Phone.

A Cyanogen Inc., empresa responsável pelo projeto, recebeu um total de US$ 118 milhões em investimentos ao longo dos últimos 18 meses, sendo que US$ 80 milhões vieram diretamente de grandes companhias como Twitter Ventures, Qualcomm e Rupert Murdoch. Esses investidores acreditam no potencial do Cyanogen em se tornar um sistema operacional 100% independente da Google.

Uma das principais armas da Cyanogen Inc. é sua capacidade de penetrar no território chinês, onde a Google não consegue entrar por questões de censura governamental. Nesse país, os aparelhos são vendidos com sistemas operacionais derivados do AOSP (Android Open Source Project, o código-fonte aberto do Android) e serviços alternativos aos da gigante de Mountain View (ou seja, nada de Maps, Gmail ou derivados).

Cupons de desconto TecMundo: