As explosões voltam a atormentar os dispositivos portáteis. E o cigarro eletrônico, bem, não deixa de ser um deles. O fato é que ele estava plugado em um carregador do iPad e explodiu na cara da atendente Laura Baty, de apenas 18 anos, que trabalha como balconista num bar na Inglaterra. A garota escapou de ferimentos mais graves por um triz e saiu apenas com escoriações superficiais de queimadura. Um outro caso com o carregador do iPad arremessou um homem para longe após explosão.

“Eu estava dando o troco a alguém e escutei um estouro. Pude ver o fogo na minha direção, senti o calor e corri”, declarou a atendente ao veículo York Press. É o que podemos conferir no GIF acima. O vídeo está armazenado no site do veículo.

Assim como a maioria dos dispositivos atuais, os cigarros eletrônicos utilizam bateria de íon-lítio, a qual, conforme documentado por pesquisas e especialistas, é propensa a explosão.

O curioso é que existe um debate em torno da eficiência dos cigarros eletrônicos e dos eventuais perigos que eles podem trazer, e a “explosão” não necessariamente fazia parte dos tópicos. Agora, pelo jeito, faz.

De qualquer maneira, é seguro, neste momento, não utilizar o carregador do iPad para fazer uma recarga no cigarro eletrônico – pois convém lembrar: diferentes carregadores têm diferentes propósitos.

Cupons de desconto TecMundo: