Se você é um fã de ilusões e um leitor assíduo do TecMundo, então provavelmente deve se lembrar dos vídeos a respeito dos vencedores da Melhor Ilusão do Ano de 2016, que publicamos em uma matéria disponível clicando aqui. Entre eles estava o efeito dos Cilindros Ambíguos, com alguns objetos de aparência circular que são refletidos como quadrados em um espelho – e que, quando girados em 180°, produzem o efeito reverso.

Especializado em desmentir virais mentirosos, o youtuber Captain Disillusion analisou cuidadosamente a ilusão dos cilindros e, para a surpresa de todos, descobriu que o truque não é fruto de edições ou efeitos digitais. Segundo ele, o resultado “mágico” é na verdade fruto de elementos de perspectiva, geometria cuidadosamente estudada e planos extremamente meticulosos.

A primeira ilusão diz respeito às formas dos “cilindros” propriamente ditos. Diferentemente do que a nossa visão nos faz pensar, eles não são nem quadrados, nem redondos, ficando na realidade em uma posição intermediária entre ambos os formatos. A parte de cima dos objetos não é reta, consistindo de uma combinação de elevações e depressões em forma de ondas – quando vistas do ângulo correto, essas variações acabam dando a impressão de alongamento ou redução de algumas linhas.

O segredo da ilusão

Trabalho árduo

Ainda que sejam os principais elementos da ilusão, esses truques de construção não são o suficiente para causar a sensação de magia. É necessário garantir a iluminação perfeita para que as formas não sejam estragadas por suas sombras e até mesmo as especificações da câmera e das lentes usadas na gravação devem ser levadas em consideração.

Depois de saber como tudo funciona, torna-se possível até notar um pouco das ondulações no vídeo original. De qualquer forma, saber que não houve ajuda de edição digital para executar a ilusão faz com que ela se torne ainda mais impressionante. Confira a explicação completa no vídeo a seguir (em inglês):

Cupons de desconto TecMundo: