Ouro de Ítalo Ferreira impulsiona pesquisas sobre surfe no Brasil

1 min de leitura
Imagem de: Ouro de Ítalo Ferreira impulsiona pesquisas sobre surfe no Brasil
Avatar do autor

Nesta terça-feira (27), o potiguar Ítalo Ferreira conquistou a primeira medalha de ouro do Brasil nas Olimpíadas de Tokyo 2020. Com o sucesso imediato nas redes sociais, as pesquisas com a palavra “surfing” levaram o Brasil a ser o país com maior número de buscas sobre o tópico ao redor do mundo.

Com a prancha quebrando na primeira tentativa de manobra, o brasileiro teve que superar o mar revolto de Tsurigasaki e o japonês responsável pela eliminação de Gabriel Medina. No entanto, Ítalo venceu todas as expectativas e alcançou a medalha de ouro com um placar sobrando de 15,14 contra 6,60 do rival Kanoa Igarashi.

Pesquisas pelo nome do medalhista de ouro cresceram 900% (Fonte: Google Trends / Reprodução)Pesquisas pelo nome do medalhista de ouro cresceram 900% (Fonte: Google Trends / Reprodução)Fonte:  Google 

Similarmente ao que ocorreu com a skatista Rayssa Leal, o sucesso nas redes sociais foi enorme e teve impacto nas pesquisas. Dados do Google Trends apontam que as buscas pelo medalhista de ouro “Ítalo Ferreira” cresceram 900% nos últimos dias.

Dados apontam o crescimento de pesquisas sobre os esportes em que os brasileiros foram destaque nesta semana. (Fonte: Google Trends)Dados apontam o crescimento de pesquisas sobre os esportes em que os brasileiros foram destaque nesta semana. (Fonte: Google Trends)Fonte:  Google Trends 

Após o sucesso dos brasileiros no skateboarding e no surfe, buscas pelas modalidades cresceram 47% e 40%, respectivamente. O Brasil conta com duas medalhas de prata no skate feminino e masculino graças a Rayssa Leal e ao Kelvin Hoefler, e agora o ouro no surfe masculino.