'Fada' do skate, Rayssa Leal vira hit na web com medalha na Olimpíada

1 min de leitura
Imagem de: 'Fada' do skate, Rayssa Leal vira hit na web com medalha na Olimpíada
Imagem: Ezra Shaw/Getty Images/via UOL
Avatar do autor

Nesta segunda-feira (26), o Brasil conquistou mais uma medalha nas Olimpíadas de Tóquio. Rayssa Leal, de apenas 13 anos, garantiu o segundo lugar na competição de skate feminino na modalidade Street. A atleta, conhecida como "fadinha" nas redes sociais, já é considerada um fenômeno. Prova disso é que a adolescente integra a seleção brasileira de skate desde quando tinha 11 anos.

A informação surpreendeu muita gente e, é claro, rendeu uma série de memes nas redes. "Primos da Rayssa já programando ficar pelo menos uns 3 anos sem ir nos almoços em família", disse um usuário. Em resposta, um amigo brincou: "E sua prima que ganhou medalha de prata e você não lava nem a louça de casa".

Além da idade da atleta, outro fator que chamou a atenção foi a relação próxima de Rayssa com o lendário Tony Hawk. O famoso skatista compartilhou um vídeo da "fadinha" em 2015 e recentemente encontrou com a atleta mirim durante as Olimpíadas. Com isso, personalidades como o cantor Lucas Silveira, da banda Fresno — e que é casado com a comentarista de skate Karen Jonz —, pediu que a medalhista fosse adicionada na nova versão do jogo Tony Hawk's Pro Skater.

Vale ressaltar que "skate feminino barato" está entre os termos mais buscados hoje no Google na categoria de esportes, de acordo com dados do Trends, o que mostra a influência da vitória da atleta mirim no cenário do esporte no Brasil. Mas e você, o que fazia com 13 anos? Conte nos comentários!