As melhores e piores traduções de títulos de filmes no Brasil

3 min de leitura
Imagem de: As melhores e piores traduções de títulos de filmes no Brasil
Imagem: Universal Studios/Reprodução
Avatar do autor

Por mais que o mercado cinematográfico brasileiro seja um pouco diferente do internacional, há muitos títulos de filmes que não ficam muito bons depois de chegarem no nosso país. Em paralelo a isso, há também títulos impressionantes que conseguem ressaltar a criatividade dos tradutores, vender a produção ao público e deixar tudo ainda melhor.

Portanto, confira nossa lista com algumas das melhores e piores traduções de títulos de filmes no Brasil!

Melhores

5. À Espera de um Milagre (The Green Mile)

(Warner Bros. Pictures/Reprodução)(Warner Bros. Pictures/Reprodução)Fonte:  Warner Bros. Pictures 

O famigerado corredor da morte nos Estados Unidos ganhou o apelido de Green Mile (algo como Milha Verde, em uma tradução literal). Significa uma caminhada em direção ao inevitável, algo bastante coerente para o que ocorre na língua inglesa.

Contudo, no Brasil, assim como no livro original de Stephen King, o título foi transformado para algo mais chamativo e coerente com a narrativa por aqui.

4. De Repente 30 (13 Going to 30)

(Columbia Pictures/Reprodução)(Columbia Pictures/Reprodução)Fonte:  Columbia Pictures 

Protagonizado por Jennifer Garner, o longa-metragem de 2004 tem um título muito simples, que em português não ficaria tão chamativo. Por esse motivo, o filme foi rebatizado como De Repente 30, evidenciando a inesperada trajetória da protagonista, que em um determinado dia acorda no corpo de uma mulher adulta.

3. Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças (Eternal Sunshine of the Spotless Mind)

(Universal Studios/Reprodução)(Universal Studios/Reprodução)Fonte:  Universal Studios 

Em uma tradução livre, o famoso quote do poeta Alexander Pope, que intitulou o roteiro premiado de Charlie Kaufman, soaria algo como Bilho do Sol Eterno de uma Mente Pura.

No entanto, para que o filme também tivesse um título poético em português, o traduziram da forma como conhecemos atualmente. Quem quiser assisti-lo, aproveite para acessar o catálogo da Netflix.

2. Como se fosse a primeira vez (50 First Dates)

(Columbia Pictures/Reprodução)(Columbia Pictures/Reprodução)Fonte:  Columbia Pictures 

A comédia romântica com Adam Sandler e Drew Barrymore possui um título divertido na versão original. Mas, para o mercado cinematográfico brasileiro, ficaria muito simples. Dessa forma, mergulharam na trama para desenvolver, com grande criatividade, o nome do filme em português do Brasil.

Uma curiosidade é que em Portugal, o título é bem descarado. No país europeu, a produção é conhecida como A Minha Namorada tem Amnésia.

1. Um Drink no Inferno (From Dusk Till Dawn)

(Miramax/Reprodução)(Miramax/Reprodução)Fonte:  Miramax 

Roteirizado por Quentin Tarantino, Do Anoitecer ao Amanhecer, em uma tradução livre, ganhou um título mais chamativo por aqui. E convenhamos, ele é capaz de mostrar muito mais a força da narrativa da produção, além de ser bastante imponente em vários níveis.

Piores

5. Amnésia (Memento)

(Paris Filmes/Reprodução)(Paris Filmes/Reprodução)Fonte:  Paris Filmes 

O filme de Christopher Nolan significa “Lembrar-se”, em latim. Amnésia é um título ruim, pois descaracteriza completamente a trama do personagem de Guy Pearce. Ele, inclusive, ressalta, ao longo das sequências, que sua condição está longe de ser uma simples amnésia.

4. Se Meu Apartamento Falasse (The Apartment)

(United Artists/Reprodução)(United Artists/Reprodução)Fonte:  United Artists 

Por mais que os filmes clássicos de Billy Wilder possuíssem algumas nuances cômicas, o título em português soa até como uma brincadeira de mau gosto. Mesmo que em linhas gerais esse título possa fazer algum sentido, não condiz com o que os espectadores vêem, de fato, em cena.

3. Os Reis do Iê Iê Iê (A Hard Day's Night)

(United Artists/Reprodução)(United Artists/Reprodução)Fonte:  United Artists 

No Brasil, Iê Iê Iê foi a expressão encontrada para se aproximar do Yeah Yeah Yeah presente em muitas canções dos Beatles e outros grupos de rock dos anos 1960.

Com a chegada de um dos filmes da banda ao país, os tradutores pensaram que seria uma boa sacada colocar isso no título. Não tem muito a ver com A Hard Day's Night, mas, de alguma maneira, vendeu.

2. Noivo Neurótico, Noiva Nervosa (Annie Hall)

(United Artists/Reprodução)(United Artists/Reprodução)Fonte:  United Artists 

Um dos filmes mais famosos de Woody Allen possuía um nome bastante simples e convencional no original, remetendo a uma das personagens principais.

Por aqui, resolveram traduzir como Noivo Neurótico, Noiva Nervosa quando viram as personalidades conflitantes do casal protagonista, em vez de considerar a trama do filme como um todo.— o que não deixa de ser uma escolha terrível.

1. Quando duas Mulheres Pecam (Persona)

(Continental/Reprodução)(Continental/Reprodução)Fonte:  Continental 

Por fim, um desastre completo que não faz qualquer sentido, mesmo quando se analisa as cenas da produção. O filme de Ingmar Bergman, lançado em 1966, apresenta uma enfermeira que precisa tomar conta de uma paciente que não quer mais falar com ninguém.

O título original sugere muito bem a persona — palavra italiana para pessoa, remetendo também à atuação em muitos casos — de Elisabet (Liv Ullmann) e sua condição atual. Em português, o título consegue enganar o público provocando interpretações equivocadas sobre o que o filme trata.

Imagem: Teste Grátis o Amazon Prime
Imagem: Tecmundo Recomenda

Teste Grátis o Amazon Prime

Filmes, séries, música, ebooks, jogos, frete grátis, ofertas exclusivas e muito mais. Assine e tenha todos esses benefícios grátis por 30 dias! Após o período de teste pague apenas R$ 9,90/mensal.