Policiais tentam derrubar lives do Instagram com música dos Beatles

1 min de leitura
Imagem de: Policiais tentam derrubar lives do Instagram com música dos Beatles
Imagem: Beatles/Reprodução
Avatar do autor

Policiais de Beverly Hills, nos Estados Unidos, têm adotado um novo método para não terem seus vídeos espalhados na internet. Em uma gravação feita em janeiro e divulgada pelo ativista Sennett Devermont nesta semana, é possível ver um policial tocando uma música dos Beatles em seu celular para ativar o filtro de direitos autorais do Instagram.

Devermont, que estava segurando um crachá com a identificação de “Imprensa”, tentava questionar o sargento, Billy Fair, quando ele foi interrompido pela voz de Paul McCartney na música "Yesterday".

Ao que tudo indica, esta é uma tentativa de acionar os filtros algorítmicos de direitos autorais do Instagram e impossibilitar que usuários da rede consigam fazer transmissões ao vivo ou compartilhar ações da polícia. O recurso impediria, inclusive, registros de possíveis abusos de autoridade. As infrações frequentes podem resultar na suspensão das contas dos transmissores ao vivo.

Histórico

Esta não é a primeira vez que isso acontece na região. Na semana passada, Devermont estava no departamento de polícia para questionar sobre uma multa que lhe foi dada injustamente, segundo ele. No vídeo, o sargento Billy Fair parece não gostar de estar sendo gravado, pega o telefone e coloca a música Santeria, do Sublime. A prática vem sendo adotada por vários oficiais da Polícia de Los Angeles.

É importante ressaltar que Devermont é um conhecido ativista da área de Los Angeles, que regularmente transmite protestos e interações com a polícia para seus mais de 300.000 seguidores no Instagram.

Fontes