Beyoncé se torna a mulher mais premiada da história do Grammy

1 min de leitura
Imagem de: Beyoncé se torna a mulher mais premiada da história do Grammy
Imagem: Reprodução
Avatar do autor

Após receber quatro estatuetas no Grammy Awards 2021, que ocorreu no último domingo (14), Beyoncé Giselle Knowles-Carter se tornou a mulher mais premiada da história da cerimônia, acumulando, em sua trajetória, 28 troféus e ultrapassando Alison Krauss, cantora e violinista norte-americana que ocupava o posto.

Empatada com Quincy Jones, a artista assumiu, agora, o segundo lugar do ranking geral, atrás apenas de Georg Solti, considerado um dos maiores maestros do século 20. Falecido em 1997, aos 85 anos, Solti atingiu a marca de 31 nomeações – que não deve demorar para ser superada por Beyoncé, uma vez que ela tem apenas 39 anos e uma carreira bem ativa

Em uma única noite, Knowles-Carter disparou da sexta posição para o novo recorde. Ao lado de seu marido, Jay-Z, acompanhou tudo da plateia, o que surpreendeu o público, uma vez que a estrela recusou a oportunidade de se apresentar durante o evento e não compareceu a outras transmissões recentemente realizadas.

De todo modo, mais membros da família tiveram motivos para comemorar.

Beyoncé, mulher mais premiada da história do Grammy, ao lado de Megan Thee Stallion, com quem dividiu duas estatuetas neste ano.Beyoncé, mulher mais premiada da história do Grammy, ao lado de Megan Thee Stallion, com quem dividiu duas estatuetas neste ano.Fonte:  Reprodução 

Celebrando conquistas

Beyoncé, que, em 2001, com 19 anos, recebeu suas primeiras estatuetas nas categorias Melhor Canção de R&B e Melhor Performance de R&B em um Duo ou Grupo por Say My Name, de Destiny's Child, esteve à frente de nove indicações em 2021, tendo ganhado os prêmios de Melhor Canção de Rap e Melhor Performance de Rap por Savage junto a Megan Thee Stallion, melhor performance de R&B por Black Parade e Melhor Vídeo Musical por Brown Skin Girl, do qual sua filha, Blue Ivy, participou como colaboradora.

"Parabéns, você ganhou um Grammy nesta noite", disse Knowles-Carter à pequena de nove anos.

Blue Ivy, filha da artista, colaborou em clipe vencedor.Blue Ivy, filha da artista, colaborou em clipe vencedor.Fonte:  Reprodução 

"É [um período] tão opressor. Trabalhei a vida inteira – desde os nove anos – e não posso acreditar. Isso aconteceu em uma noite tão mágica", declarou a artista. "Como artistas, é o nosso trabalho refletir a época, e tem sido uma muito difícil. Então, queria enaltecer, encorajar e celebrar todas as belas rainhas e reis negros, os quais inspiram do mundo inteiros", salientou a cantora.