Mulher-Maravilha 1984: bilheteria mundial bateu US$ 85 milhões

1 min de leitura
Imagem de: Mulher-Maravilha 1984: bilheteria mundial bateu US$ 85 milhões
Imagem: IMDb/Reprodução
Avatar do autor

Em um ano bastante atípico para o cinema, Mulher-Maravilha 1984 fechou o primeiro final de semana nos Estados Unidos, faturando US$ 16 milhões. Somando com a bilheteria mundial, o longa bateu os US$ 85 milhões.

O novo filme da heroína da DC estreou em 32 países, incluindo o Brasil, no dia 17 de dezembro. O primeiro final de semana ficou abaixo do esperado, mesmo para um cenário diferente do normal, e o longa teve um faturamento abaixo dos US$ 50 milhões. Porém, na última sexta-feira (25), Mulher-Maravilha 1984 chegou aos cinemas dos EUA, Austrália, Coreia do Sul e Índia e também entrou para o catálogo do HBO Max, melhorando a situação para a Warner.

Apesar de baixo, a estreia no mercado nacional não ficou muito atrás de Tenet. O filme mais recente de Christopher Nolan deveria ser um dos principais lançamentos da Warner para 2020, porém, o filme faturou apenas US$ 20 milhões no primeiro final de semana nos EUA.

Apostando no streaming

Filme estreou simultaneamente nos cinemas dos EUA e no HBO MaxFilme estreou simultaneamente nos cinemas dos EUA e no HBO MaxFonte:  IMDb/Reprodução 

Mesmo com um resultado inicial baixo, a Warner pode ter motivos para comemorar. De acordo com um relatório interno, quase metade dos assinantes do HBO Max assistiram à Mulher-Maravilha 1984. Embora fosse esperado que o estúdio colocaria o longa no catálogo do serviço de streaming, a pandemia antecipou o processo.

Após o bom resultado no HBO Max, Andy Forssell, Vice-presidente executivo da WarnerMedia, disse em um comunicado que espera que o filme continue sendo visto pelos assinantes. Vale lembrar que este é o primeiro das grandes produções da Warner a receber lançamento simultâneo nos cinemas e no streaming.

“Mulher-Maravilha 1984 quebrou recordes e superou nossas expectativas em todas as nossas principais visualizações e métricas de assinantes nas primeiras 24 horas no serviço, e o interesse e o impulso que estamos vendo indicam que isso provavelmente continuará além do fim de semana. Durante esses tempos muito difíceis, foi bom dar às famílias a opção de desfrutar deste filme edificante em casa, onde assistir ao cinema não era uma opção”.

Fontes