Nolan se diz contra o plano da Warner em lançar filmes direto no HBO Max

1 min de leitura
Imagem de: Nolan se diz contra o plano da Warner em lançar filmes direto no HBO Max
Imagem: (Fonte: Warner Bros./Reprodução)
Avatar do autor

Na quinta-feira passada (3), a Warner Bros. anunciou que, em 2021, irá lançar todos os seus principais filmes simultaneamente nos cinemas e no streaming HBO Max. Agora, o diretor Christopher Nolan se posicionou publicamente contra a decisão do estúdio. Para Nolan, “eles nem mesmo entendem o que estão perdendo”.

Nolan veio a público comentar sobre a polêmica decisão após as ações da AMC Theatres e do IMAX caírem na bolsa de valores devido ao anúncio da Warner Bros. “A decisão deles não faz sentido econômico e mesmo o investidor mais casual de Wall Street pode ver a diferença entre disruptivo e disfuncional”.

(Fonte: Rachel Murray/Getty Images/Reprodução)(Fonte: Rachel Murray/Getty Images/Reprodução)Fonte:  THR 

O diretor enfatizou seu posicionamento contrário criticando diretamente o streaming da WarnerMedia. “Alguns dos maiores cineastas e estrelas de cinema mais importantes de nossa indústria foram para a cama na noite anterior pensando estarem trabalhando para o maior estúdio de cinema e acordaram para descobrir que estavam trabalhando para o pior serviço de streaming”.

A WarnerMedia irá lançar as suas principais produções no streaming e no cinema devido à preocupação com a queda de público nos cinemas em 2020. Em 2021, a tendência é que as salas de cinemas ainda não possam receber 100% do público. Dessa maneira, é provável que os filmes tenham um fraco desempenho de bilheteria.

Algumas das produções mais aguardadas pelo público que terão lançamento em streaming incluem Godzilla vs. Kong, Duna, Invocação do Mal 3 e Matrix 4. Outras como Judas e o Messias Negro, Em um Bairro de Nova York e The Many Saints of Newark, que estão cotadas para o Oscar, também seguirão o mesmo modelo de estreia.